Uma festa com 13.333 espectadores, repleta de emoção até o apito final e com uma marca impressionante: 53 conquistas estaduais. Foi dessa forma que o ABC entrou em campo e goleou o América-RN por 4 a 0, com direito a gritos de olé da arquibancada e a show pirotécnico pouco antes do apito final. Com um Frasqueirão lotado, o Mais Querido voltou a festejar o título do Campeonato Potiguar, feito que não ocorria há cinco anos. Os gols da vitória abecedista foram marcados por Echeverria, Jones Carioca e duas vezes pelo artilheiro do estadual, Nando, que marcou 15 gols na competição.

O jogo
Pressionando o rival no campo de ataque, o ABC abriu o placar logo aos cinco minutos. Depois da bola sobrar para Echeverria, o meia paraguaio bateu firme e ainda contou com um desvio no meio do caminho para abrir o placar no Frasqueirão. Na comemoração, dança e muita festa com os companheiros.

A pressão da massa alvinegra nas arquibancadas se tornou ensurdecedora. Sem criatividade, o América-RN foi dominado pelo toque de bola do ABC e viu, aos 23 minutos, o atacante Jonas Carioca receber um passe de Erivélton, e sozinho, bater para o gol. Pantera ainda esboçou uma defesa, mas viu a bola entrar lentamente para o fundo das redes. Em um surto de felicidade, o camisa 7 do Mais Querido atirou a camisa e para a torcida abecedista. Em seguida, recebeu o cartão amarelo do árbitro paranaense Heber Roberto Lopes.

Se já não bastasse o completo domínio do ABC, Felipe Macena ainda contribuiu para que o Mais Querido ampliasse o placar. Aos 34 minutos, o volante se atrapalhou dentro da área e colocou a mão na bola. Pênalti para o Alvinegro, que Nando bateu no meio do gol para fazer 3 a 0 no primeiro tempo.

Na etapa final, enquanto a torcida do América-RN tentava animar os seus jogadores com o grito de "Eu acredito!", os torcedores do ABC já faziam a festa. Apenas um lance, após cruzamento em que Flávio Boaventura cabeceou e Vaná consegui uma bela defesa, mostrou o baixo poder ofensivo alvirrubro. Aos 12 minutos, Alex Cazumba se desentendeu com Echeverria e acabou expulso. Com um a mais em campo, o Alvinegro manteve as jogadas pelas laterais, com Jones na esquerda e Echeverria na direita. A estratégia do técnico Geninho durante todo o jogo teve o momento final aos 26 minutos do segundo tempo. Após jogada de Jones Carioca, o atacante Nando só completou para o fundo da rede e marcou o quarto gol do ABC na partida, o seu 15o na competição.

Depois disso, o Mais Querido controlou a partida até o apito final, para levantar seu 53o troféu de campeão potiguar.

Ficha Técnica:

ABC: Vaná, Filipi Souza, Gabriel, Márcio Passos e Alex Ruan; Zaquel (Jardel), Erivelton (Leozinho), Echeverría e Lúcio Flávio; Jones Carioca e Nando. Técnico: Geninho.

América: Pantera, Gabriel (Pedro Ivo), Flávio Boaventura, Gustavo e Alex Cazumba; Bruno Renan, Felipe Macena, Alan Silva (Mateus) (Bruno) e Cascata; Luiz Eduardo e Thiago Potiguar. Técnico: Moura.

Confira Todos os Campeões do Campeonato Potiguar     História e Títulos do ABC

 

Pesquisa personalizada

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo