HISTÓRIA DO ÁGUA SANTA (SP)


EC Agua Santa (SP)ESPORTE CLUBE ÁGUA SANTA
Fundado em 27 de outubro de 1981
Endereço: Rua Polux, 66 - Jardim Inamar
Diadema (SP) CEP 09970-200
Site: www.aguasanta.esp.br



+ Clubes do Brasil + Clubes do Mundo + Clubes Amadores + Fut-Paulista

       

O Esporte Clube Água Santa foi fundado como clube amador em 27 de outubro de 1981, em Diadema. O nome do clube é proveniente de uma rua localizada no entorno do Parque Ecológico do Eldorado.

Depois de estrear em competições profissionais em 2013, o Netuno, como é conhecido na cidade, alcançou um feito inédito no estado de São Paulo. Com três acessos consecutivos, chegou para a disputa da primeira divisão (Série A) paulista em 2016.

Como time amador, o Netuno, apelido pelo qual é chamado, conquistou 17 títulos, entre as categorias juniores e profissionais, pela Liga de Futebol Amador de Diadema. O Água Santa se profissionalizou no dia 8 de dezembro de 2011, data de aniversário da cidade.

Na várzea, o Água Santa chega a disputar a Copa Kaiser do ABC, e Copa Metropolitana. Além disso, foi vice-campeão da Copa Uniligas em 2008.

A sede do time era localizada na rua dos Manacás, 285, onde hoje funciona um bar. O proprietário, Licamor Oliveira, foi o vice-presidente da equipe até o ano de 2010. “Os jogadores costumavam se reunir aqui após os jogos. Fechavam a rua para comemorar vitórias e títulos”, contou Oliveira.
EC Agua Santa (SP)
Na foto acima, antiga sede do clube. Note-se o escudo utilizado antes da profissionalização.

A ideia de levar a equipe ao próximo nível surgiu após uma conversa com a prefeitura. A cidade já possuía um time profissional, o Clube Atlético Diadema, que tinha parceria com o Água.

A sociedade terminou após divergências. Após o ex-jogador Dinei aparecer em um reality show vestindo a camiseta do clube, surgiu a ideia de profissionalizar o Água Santa. “A federação paulista nos apoiou, principalmente por sermos um time da cidade, e não um clube-empresa”, declarou o secretário de Esportes e Lazer da cidade, Antônio Marcos Ferreira da Silva.

Atletas com passagens por grandes clubes do Brasil oriundos de Diadema também passaram pelo clube enquanto era da várzea. Jogadores como Dinei (passagens por Corinthians, Cruzeiro, Internacional), Fábio Ferreira (Botafogo, Grêmio) e Ewerton Páscoa (Santos, Sport). Além disso, Denílson, revelado pelo São Paulo e pentacampeão com a seleção brasileira, e Lucas Moura, hoje no PSG, mesmo sem passagens pela equipe, enviaram mensagens de apoio ao clube da cidade.

Desde a profissionalização da equipe, o treinador foi Márcio Ribeiro, que tem passagens por clubes do interior de São Paulo, como Ferroviária de Araraquara e América – SP, além de clubes de outros Estados, como o CSA de Alagoas, pelo qual se tornou campeão alagoano em 2005. Márcio ficou no cargo até a derrota para o Novorizontino (4x0), em 24 de março de 2016, depois de ficar seis jogos sem vencer pelo paulistão, sendo substituido por Márcio Bittencourt.

A primeira competição oficial disputada pelo clube e com Ribeiro no banco foi segunda divisão do paulista, equivalente à quarta divisão do estadual, em 2013, na qual o time foi vice-campeão, perdendo para a Matonense nas finais.

Em 2014, o Netuno disputou a Série A-3, e também conseguiu o acesso, apesar de ficar de fora da final por conta dos critérios de desempate. Em 2015, veio a terceira promoção consecutiva, com a quarta colocação na Série A-2 e, de quebra, com o melhor ataque das séries A-1 e 2 somadas, com 37 gols ao lado do Santos.

Mascote: NETUNO
Mascote do EC Agua Santa (SP)Netuno ou Poseidon, filho de Saturno e de Réia logo que nasceu,foi declarado Deus do mar, das ilhas, e todas as águas.

Quando Júpiter, seu irmão, a quem sempre serviu com toda a fidelidade, venceu os Titãs, seus terríveis competidores, Netuno encarcerou-os no Inferno, impedindo-os de tentar novas empreitadas. Ele os mantém por trás do recinto inexpugnável formado por suas ondas e rochedos.

Netuno governa o seu império com uma calma imperturbável. Do fundo do mar em que está sua tranqüila morada, sabe tudo quanto se passa na superfície das ondas. Se por acaso os ventos impetuosos espalham inconsideradamente as vagas sobre as praias, causando injustos naufrágios, Netuno aparece, e com a sua nobre calma e determinação restabelece toda a desordem das tempestades.

As qualidades positivas que ele próprio nos oferece são a inspiração, a intuição sobre a “verdade”, a capacidade de sonhar e transcender a mediocridade dos mortais.

Por ter o Água Santa nascido ao lado da represa Billings e ter a força e determinação digna dos filhos de Netuno, a torcida do E.C. Água Santa escolheu este Deus de força e inteligência como seu simbolo e mascote. Mostrando sempre o perfil vitorioso da agremiação.

Estádio Distrital do Inamar
Nome Oficial: Municipal José Batista Pereira Fernandes
Inauguração: 16/12/2012
Primeiro Jogo: Água Santa 2 x 1 C.A. Diadema
Com o acesso à Série A-1, o Estádio “Distrital do Inamar”, está sendo reformado. A expectativa dos dirigentes é que, com a reforma, de 12 ou até 15 mil torcedores possam assistir aos jogos do clube. A capacidade anterior era de cerca de 6.500 pessoas. São 25 anos de concessão ao clube.

Torcida

O Água Santa tem duas torcidas organizadas: “Tubarão Azul” e “Aquáticos”, que é a mais velha do time, pois surgiu em 2003, desde a fase amadora. “Acompanhamos o time desde a várzea, mesmo quando atuávamos fora da cidade”, afirmou o presidente da Aquáticos, Rafael Ribeiro. Isso porque, em 2004, o clube venceu o Botafogo de Guaianazes, no Parque São Jorge, nos pênaltis, após empate por 2 a 2.

Ribeiro também comentou que hoje (d/Dez/2015) são mais de 500 torcedores associados e cerca de 1.500 – 2.000 pessoas que acompanham o time em direção ao estádio, em dia de jogos.

Já a Tubarão Azul foi fundada em 2012, após a profissionalização do clube, e conta com cerca de 350 componentes. A sede do local está sendo reformada e fica próxima ao bar, que deu origem ao Água Santa.

A média de público do Netuno no Estado de São Paulo, em 2014, foi a maior do ABC e a sétima no geral, atrás de Ponte Preta, XV de Piracicaba e dos quatro grandes, durante o Estadual.

TITULOS
EC Agua Santa (SP)
Fotos e troféus da época em que o clube jogava na várzea em Diadema

2000 – Campeão da 3ª Divisão da Liga de Futebol Amador de Diadema
2001 – Campeão da 2ª Divisão da Liga de Futebol Amador de Diadema
2004 – Campeão da 1ª Divisão da Liga de Futebol Amador de Diadema
2009 – Campeão da 1ª Divisão da Liga de Futebol Amador de Diadema
2010 – Campeão da 1ª Divisão da Liga de Futebol Amador de Diadema
2011 - Campeão da Divisão Especial da Liga de Futebol Amador de Diadema

O Água Santa no Profissionalismo
2013 – Vice-campeão da Segunda Divisão do Campeonato Paulista
2014 – Semifinalista da Série A3 e conquista do acesso à Série A2
2015 – Quarto melhor colocado da Série A2 e conquista do acesso à Série A1
2016 - Estréia na elite do futebol paulista, mas é rebaixado.


Sidney barbosa da SilvaPesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; www.metodista.br/rronline; www.fpf.org.br.
Página adicionada em 25/Dezembro/2015 - atualizada em 30/Junho/2016.

 

Pesquisa personalizada

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo