Arquivo
   Especiais
  + Futebol
30 de agosto de 2009      Por Luciano Patussi *   Email Mais artigos
 
Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa
 
A importância de cada uma das competições na história do futebol brasileiro e a melhor forma de reconhecê-las de forma oficial, mas sem igualá-las.
 
O futebol brasileiro tem grande tradição. Possui competições de nível elevado e reconhecimento global, onde o equilíbrio, a grandeza dos clubes e a técnica apurada são destaques mundiais. Estas competições nacionais ganharam destaque mundial ao longo dos anos. Algumas outras competições, anteriormente importantes, estão extintas. Mas tiveram sua relevância no decorrer dos anos, é inegável. Nos tempos modernos, destacam-se o campeonato brasileiro e, posteriormente, a Copa do Brasil. Estas são as competições oficiais da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e as duas principais taças em disputa, atualmente, no país.
 
Entretanto, antes da criação do campeonato brasileiro – que iniciou em 1971 – ocorria a disputa, de forma não oficializada pela federação de futebol nacional, da Taça Brasil (1959 – 1968). Este torneio contava com os campeões de cada um dos principais estados brasileiros, bem ao estilo da atual Copa do Brasil. Ou seja, os times jogavam rodadas eliminatórias e regionalizadas até ser apontado o campeão do Brasil. Era o famoso “mata-mata”, um torneio de curta duração e, relativamente, poucos jogos – em comparação com um campeonato dividido em grupos, com jogos de ida e volta, ou até mesmo com um campeonato por pontos corridos.
 
Posteriormente, a Taça Brasil passou a ter a companhia anual do Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967 – 1970), conhecido como “Robertão”. Este era um campeonato, também não oficializado pela confederação maior de futebol do país, mas que era disputado bem aos moldes do campeonato brasileiro que viria a ser jogado, e oficializado, a partir de 1971. Eram os principais clubes do país divididos em grupos, onde as equipes jogavam contra todos os outros times de suas respectivas chaves, classificando-se os melhores colocados para a fase decisiva, onde em nova disputa, era apontado o campeão nacional. Há algum tempo, discute-se a possibilidade de a CBF reconhecer todos os campeões da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa como legítimos campeões nacionais. Particularmente acho justíssimo esse reconhecimento, com algumas ponderações a serem analisadas.
 
Conforme já destacado, minha opinião é de que os campeões da Taça Brasil devem ser reconhecidos como campeões nacionais, bem como os vencedores do Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Entretanto, e eu vejo isso como a decisão mais justa possível, os vencedores da Taça Brasil devem ter seus títulos adicionados ao das equipes campeãs da Copa do Brasil, que passou a ser disputada a partir de 1989. Assim, poderia se dizer que a Copa do Brasil iniciou em 1959 e foi disputada até 1968, quando foi paralisada, passando a ser jogada novamente desde 1989 até a atualidade.
 
Da mesma forma, os campeões do Torneio Roberto Gomes Pedrosa poderiam ser reconhecidos como campeões do campeonato brasileiro. Assim, o campeonato brasileiro teria tido seu início em 1967, sendo jogado ininterruptamente até hoje, sempre evoluindo sua fórmula de disputa e marcando época com grandes esquadrões, craques e títulos memoráveis de todas as principais equipes.
 
Por qual motivo acredito que o reconhecimento e a oficialização dos títulos em questão devem ser feitos dessa forma? Se todos os vencedores da Taça Brasil e também do “Robertão” forem reconhecidos como campeões do campeonato brasileiro, seria o mesmo que, atualmente, tentarmos igualar a disputa da Copa do Brasil com o campeonato brasileiro. São campeonatos importantes, mas ao mesmo tempo distintos em sua forma de disputa. O “peso” de cada campeonato é diferenciado, tanto pela duração de cada fase do torneio, além das dificuldades impostas por cada certame.
 
Cabe salientar ainda que a Taça Brasil foi o primeiro torneio de maior grandeza a ser disputado em nível nacional. Por isso, muitos analistas e torcedores defendem que ela deve ser reconhecida com o título de campeão do campeonato brasileiro. Isso porque não existia ainda campeonato brasileiro nos anos iniciais do torneio e ela (Taça Brasil) seria a única disputa nacional do momento. Acredito que isto seria incorreto. É importante o reconhecimento, mas com o título de Copa do Brasil sendo dado à equipe campeã da Taça Brasil.
 
Caso o campeão da Taça Brasil tenha o mesmo reconhecimento, em título, que tem os campeões do Torneio Roberto Gomes Pedrosa e do campeonato brasileiro, poderão surgir equipes interessadas em ter a Copa do Brasil reconhecida com o título de campeonato brasileiro. E caso um campeão da Taça Brasil seja reconhecido como campeão brasileiro, nada seria mais justo que reconhecer os campeões da Copa do Brasil, também, como campeões do campeonato brasileiro.

E é por este motivo que defendo a ideia do reconhecimento de todo clube campeão da Taça Brasil, como sendo o campeão da Copa do Brasil do respectivo ano. Da mesma forma, entendo que o campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa deve ser reconhecido como o campeão do campeonato brasileiro do ano da realização da disputa.

Acredito ainda que, caso não ocorra um aval por parte da CBF nos títulos em questão, não haverão quaisquer problemas de reconhecimento do povo apaixonado por futebol para com as conquistas obtidas por estes clubes. Isso porque a história que envolve estas duas competições aqui analisadas, entre os anos de 1959 até 1970, jamais será apagada. Foram anos memoráveis do nosso futebol! Um reconhecimento de uma entidade oficial, no entanto, pode vir a valorizar ainda mais a história do futebol brasileiro como um todo.

Com o respeito devido e merecido a todas as opiniões favoráveis ou contrárias a que defendo, finalizo aqui esta análise, deixando uma grande saudação esportiva para todos os leitores.
 
EM DESTAQUE:

Campeões da Taça Brasil
Uma verdadeira Copa do Brasil regionalizada e decidida em grandes e memoráveis disputas de sistema "mata-mata"

1959 – Bahia
1960 – Santos
1961 – Santos
1962 – Santos
1963 – Santos
1964 – Santos
1965 – Santos
1966 – Cruzeiro
1967 – Palmeiras
1968 – Botafogo
 
Campeões do Torneio Roberto Gomes Pedrosa
Um verdadeiro campeonato brasileiro disputado entre os maiores clubes do país, bem aos moldes do “brasileirão” jogado e oficializado a partir de 1971

1967 – Palmeiras
1968 – Santos
1969 – Palmeiras
1970 – Fluminense
 
 
* Luciano Bonfoco Patussi é Bacharel em Ciências Contábeis.   Email Mais artigos
Pesquisa personalizada
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva Desde 2005