Arquivo
   Especiais
  + Futebol
21 de fevereiro de 2010      Por Luiz Vetere *   Email Mais artigos
 
RAPELEI !
 
Album da Copa UniãoHoje peço licença para falar de algo um pouco diferente. Não necessariamente um esporte, mas algo que remete à ele. Mais precisamente ao futebol.

Conversando aqui com os meus botões, me ative à minha infância, às brincadeiras, às molecagens de criança e me recordei de algo que talvez seja o que mais curti, o que mais gostava: colecionar álbuns de figurinha. De futebol, naturalmente.

As pessoas se apaixonam pelo futebol por várias razões: por herança familiar (meu caso), por ser bom de bola (meu caso também), devido à condição econômica ( na falta de recursos financeiros, uma bola e duas pedras na rua já resolvem), devido a morarem próximos à clubes ou estádios...Enfim, incontáveis são os motivos.
 
No meu caso particular, os álbuns de figurinhas de futebol têm enorme parcela de culpa. Felizmente! Mais do que torcer pelo time e colecionar as “quadradas”, chamava-me a atenção os detalhes de cada álbum. Fazia questão de saber onde nasceu o Taffarel, qual o número da camisa do Falcão, por qual outro clube jogou Sócrates, qual era o número da figurinha do Zico.
 
Meu primeiro álbum foi o da Copa União de 87, pelo menos que eu me lembre. O mais bacana eram as figurinhas especiais, aquelas que traziam os distintivos dos clubes, os técnicos, os mascotes. Em todos os álbuns existiam figurinhas fáceis, difíceis e aquela “carimbada”, ou seja, aquela raridade que sempre faltava para o complemento do livro ilustrado e sem a qual você perdia o direito ao prêmio da Editora, fosse uma bola de futebol ou um pôster autografado.

Raridades que levavam a um verdadeiro comércio nos recreios e nas saídas da escola. Certa feita, um “Paolo Rossi” me custou 10 figurinhas na troca, mas valeu a pena. Quem nunca jogou bafo? Aquele que virasse qualquer quantidade levava o “bolo”. Inúmeras vezes rapelei e fui rapelado, ganhava tudo e perdia tudo também.
 
Era o nosso vídeo-game!

Atualmente as crianças também colecionam álbuns de figurinhas. Na Internet! Verdadeiros nerds cibernéticos estão sendo formados neste sentido. Basta se cadastrar. O papel auto colante e o livro de capa dura e ilustrado deram lugar as figurinhas e álbuns virtuais. Não se troca mais figurinhas com os amigos na escola ou na rua, mas com “amigos” do MSN, do Orkut, ou da comunidade que se queira.

Sem nostalgia (ou com mesmo) é um tempo que não volta mais. Quantos de nós não sonhávamos em aparecer naqueles álbuns, em atuar por aqueles times, em ter nossos dados ali, estampados e idolatrados? Neste ponto, a tecnologia, devo admitir, é imbatível. Clica lá e confere: www.figurinhas.org/inter e seja um companheiro de time do Júlio César, do Maicon ou do Lúcio.

Eu cliquei!
 
* Luiz Fernando Vetere Alves é Graduado em Direito pelo IMB; Pós-Graduando em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte pela FACHA

Blog pessoal: DuplaEsportiva.blogspot.com   -  Email Mais artigos
Pesquisa personalizada
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva Desde 2005