E Tudo Começou oficialmente em 1971

O primeiro Campeonato Brasileiro foi disputado em 1971. O campeão foi o Atlético Mineiro, treinado por Telê Santana e com Dario, o Dada Maravilha, no ataque. Antes foram organizados vários torneios, como a Taça Brasil, o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Torneio Rio-São Paulo e o Torneio Nacional de Clubes. Faltava, porém, integrar todo país numa mesma competição. E foi com a criação do Brasileirão, como é popularmente conhecido pelos torcedores, que essa missão foi cumprida.

Não foi fácil, porém, fazer o Brasileirão ser entendido pelos torcedores. A cada ano, a fórmula era alterada. Houve temporadas em que o regulamento tinha de ser estudado, tão grande eram as complicações, com chaves, grupos, cruzamentos... E raramente o número de clubes por disputa também era o mesmo. Variou entre apenas 16 (em 1987 na Copa União que foi dividida em dois módulos, com 16 clubes cada) a exaustivos 94 (em 1979).

Mudaram o sistema, a quantidade e o nome do Brasileirão. Ele já se chamou Campeonato Nacional, Copa do Brasil, Copa União, Copa João havelange... Hoje, porém, tudo ficou mais fácil. Desde 2003, o Campeonato Brasileiro é disputado num mesmo sistema. Pontos corridos, como na Europa, com jogos de ida e volta. O clube que somar o maior número de pontos é o campeão.

Simples. O torcedor entende. Mas ainda ha os saudosos dos mata-matas decisivos de tempos recentes. Porém, já começaram a se acostumar. Já se adaptaram também ao atual número de clubes, quase uniforme. Em 2003, foram 24; em 2005, 22. E, a partir de 2006, 20 clubes.

Os embriões do Campeonato Brasileiro

O Torneio Nacional de Clubes, assim como o Torneio Rio-São Paulo e o Roberto Gomes Pedrosa, o Robertão", foi uma das primeiras experiências de campeonatos a nível interestadual. Foi disputado, oficialmente, em duas ocasiões. Em 1920 foi organizado pela CBD (atual CBF), e teve como campeão o extinto CA Paulistano, de São Paulo. Na segunda edição, disputada em 1937, o campeão foi o Atlético Mineiro.

Mas Pode-se dizer que a Taça Brasil foi o embrião do atual Campeonato Brasileiro. Incluída no calendário nacional em 1959, foi a primeira competição que envolvia clubes de quase todo o país e era disputada pelos campeões estaduais em jogos eliminatórios. As exceções eram os clubes do Rio de janeiro e São Paulo, que só entravam a partir das semifinais.

O Torneio Roberto Gomes Pedrosa dava o nome ao Torneio Rio São-Paulo. Em 1967, o Torneio Rio-São Paulo (que era, oficialmente, chamado de Roberto Gomes Pedrosa) foi turbinado com a participação de clubes gaúchos, mineiros e paranaenses. Mais tarde, foi a vez de clubes de Pernambuco e Bahia serem convidados a participarem da competição. Aí, com o torneio bem mais encorpado, mídia e torcedores passaram a chamá-lo de "Robertão". A disputa aconteceu entre 1967 e 1970, ano em que passou a ser conhecido como Taça de Prata.

NOTA: Em 22 de dezembro de 2010 a CBF passou a reconhecer a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa como Campeonato Brasileiro.


OS CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ACORDO COM A CBF DESDE 22-12-2010:
Campeonato Brasileiro / Nacional (Taça Brasil*) de 1959 a 1968
Campeonato Brasileiro / Nacional (Taça de Prata*) de 1967 a 1970
Campeonato Brasileiro / Nacional de 1971 a 1974
Campeonato Brasileiro / Copa Brasil de 1975 a 1979
Campeonato Brasileiro / Taça de Ouro** de 1980 a 1985
Campeonato Brasileiro / Copa Brasil de 1986
Campeonato Brasileiro / Copa União de 1987 a 1988
Campeonato Brasileiro de 1989 a 1999
Campeonato Brasileiro / Copa João Havelange de 2000
Campeonato Brasileiro desde 2001
* Competições reconhecidas como Campeonatos Brasileiros pela CBF em 22-12-2010.
** Fonte: Jornal do Brasil (de 10-10-1979, 16-01-1982 e 13-09-1987).

    PRÓXIMO (PARTE 2)  Próxima página

 

Livros Digitais Campeões do Futebol



Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fontes: Almanaque do Futebol, Gustavo Poli/Lédio Carmona; www.cbf.com.br; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 02/Maio/2009; atualizada em 07/Dezembro/2015.






Pesquisa personalizada






Ir ao Topo