Shopping Campeões do Futebol

José Camilo, Presidente do Central de Caruaru (PE) em 1921Fundado em 15 de junho de 1919, a uma da tarde, na Sociedade Musical Comercial Caruaruense, tendo como representante o Sr. Francisco Porto de Oliveira. Recebeu esse nome por sugestão de Sr. Severino Bezerra, em homenagem à Estrada Central de Ferro de Pernambuco, denominação que os ingleses da Great Western deram a ferrovia, que passava por Caruaru e unia o Litoral ao Sertão.

As cores preto e branco, segundo o Professor José Florêncio Neto (Machadinho), ex-jogador do time caruaruense no início da equipe, foram escolhidas em face do símbolo do clube, a patativa, pássaro de canto harmonioso. (referência encontrada na Revista Caruaru Hoje, n.4, março de 2001, Souza Pepeu)

A primeira diretoria eleita foi José Faustino Vila Nova (Presidente), João Batista de Oliveira (Vice-Presidente), Severino de Sales Tiné (1º Secretário), Arlindo de Vasconcelos Limeira (2º Secretário), Artur Leandro Sales (Tesoureiro), Ângelo Emídio de Lira (Vice-Tesoureiro), Francisco Porto de Oliveira (Orador) e Severino José Bezerra (Diretor de Esportes). Foi estabelecida uma jóia de 2.000 réis e 500 réis de mensalidade (assim consta na primeira "Ata de Fundação").

No início o time só disputava partidas amistosas, para depois jogar em ligas regionais, mesmo assim revelou grandes jogadores como Machadinho, Zuza, Teonilo, Pedro, Rochura, Joaquim, Alemão e Tutu. Em 1936 o Vasco da Gama foi a capital do Agreste para um amistoso. O time cruzmaltino suou para conseguir vencer a patativa por 1 a 0. Os centralinos ainda conseguiram empatar, com gol de Tutu, mas o árbitro acabou anulanso.

Um ano mais tarde (1937), o Central finalmente era incluído entre os grandes do futebol pernambucano e começou a disputar o campeonato estadual. Foi o primeiro time do interior do estado a participar do Campeonato Pernambucano de Futebol. O sonho durou pouco, pois no mesmo ano a diretoria ficou irritada com as arbitragens e retirou a equipe do torneio.

O Central filiou-se então à Liga Esportiva Caruaruense, tendo conquistado várias vezes o campeonato da Liga. Em 1951, a Patativa conseguiu um feito histórico, vencendo o Jocaru por 23 a 0, o meia Milton foi o artilheiro do jogo com 11 gols.

O alvinegro do Agreste só voltou a disputar o campeonato pernambuco da primeira divisão em 1961, depois de muito esforço do então presidente da Liga Desportiva Caruarense, Gercino Pereira Tabosa e do presidente da FPF, Rubem Moreira da Silva. Rapidamente o time se transformou na quarta força do futebol pernambucano.

Nos anos 1970 e 80 o Central passou a disputar o Campeonato Brasileiro da principal divisão, levando grandes equipes ao antigo estádio Pedro Victor.

ESTÁDIO "LACERDÃO"
Estádio do Central de Caruaru (PE)
O Estádio Luiz José de Lacerda, conhecido como Lacerdão, antigo Pedro Victor de Albuquerque. Tem como mandante o Central Sport Club. Passou a chamar-se Estádio Luiz José de Lacerda, devido a sua ampliação na década de 80, na gestão de Luiz José Lacerda.

Após a conclusão das obras em 1980, foi marcado o jogo de inauguração para o dia 19 de outubro do mesmo ano, o Central venceu a Seleção Nigeriana de Futebol por 3x1. Gil Mineiro, jogador do Central Sport Club marcou o 1º gol.

No dia 22 de outubro de 1986 ocorreu o maior público da história de Caruaru, 24.450 pessoas foram assistir a vitória do Central por 2x1 contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro do mesmo ano.

TÍTULOS CONQUISTADOS

TITULOS NACIONAIS

Campeonato Brasileiro da Série B - 1986 (Não reconhecido pela CBF)
NOTA: Em 1986, quatro equipes subiam para a primeira divisão (Série A so Brasileiro), que estava sendo disputada nesse mesmo ano e não havia decisão da Segunda Divisão - Inter de Limeira/SP, Central/PE, Treze/PB e Criciúma/SC subiram.

TITULOS ESTADUAIS

Copa Pernambuco - 2001
Campeonato Pernambucano da Série A2 - 1999
Taça Governador Jarbas Vasconcelos - 2002
Torneio Início do Pernambucano - 1973
Torneio Incentivo - 1975

TITULOS MUNICIPAIS

Campeão da Liga Caruaruense - 1942, 1943, 1944, 1945, 1948, 1951, 1952, 1954 e 1958




Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fontes: Revista Caruaru Hoje, n.4, março de 2001, Souza Pepeu; Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; www.fpf-pe.com.br; e www.centralsc.com.br
Página adicionada em 18 de janeiro de 2016.

 



Pesquisa personalizada






Ir ao Topo