Bloco dos Fanaticos728x90

Federação Paulista de FutebolCLUBES DE OSASCO NAS COMPETIÇÕES PROFISSIONAIS DO FUTEBOL PAULISTA


História de Clubes    + ESPECIAIS + CURIOSIDADES + FUT-PAULISTA

       

Nunca o futebol osasquense esteve tão em alta. Com a chegada do Audax na final do Paulistão 2016, Osasco se torna a 13ª cidade a ter um time finalista na história do torneio. Quando entrou em campo para enfrentar o Santos, o clube escreveu o capítulo mais importante do futebol profissional osasquense, que se iniciou em 1960 com a participação do 'italiano' Floresta.

Além do Floresta e Osasco Audax, a cidade foi representada por outros oito clubes em torneios profissionais organizados pela Federação Paulista de Futebol. Entre eles, o Água Branca, que foi campeão estadual no futsal e o EC Osasco, que foi o primeiro campeão da cidade ao vencer as séries B2 e B1 no início do século.

Confira abaixo a linha do tempo do futebol osasquense dos clubes que representaram a cidade:

AA Floreta: fundado em 1916, surgiu quando Osasco era um bairro da capital paulista. O clube se profissionalizou em 1960, ano em que disputou a quarta divisão. Atualmente é apenas um clube social.

AA Osasquense: disputou a quarta divisão em 1965 e 1966, e a terceira divisão de 1967.

Independência Esporte Clube: surgiu em 1975, e neste mesmo ano, disputou a segunda divisão, se tornando o primeiro clube de Osasco a chegar neste patamar. O clube porém deixou as competições no ano seguinte e nunca mais apareceu.

Grêmio Água Branca FC: Surgiu como um time de futsal. Bancado por empresas da cidade, a equipe disputou a terceira divisão de 1977 e 1978.

Monte Negro FC: Se profissionalizou em 1979 após a saída do Água Branca. Foi o time com mais participações entre os osasquenses. Entre 1979 e 1992 o clube disputou a terceira divisão, porém nunca conseguiu o acesso. Em seu último ano, o Monte Negro acabou tendo problemas financeiros e abandonou o campeonato. Parte da diretoria do clube na época se reuniu e fundou o Osasco FC.

União Esportiva Rochdale: Fundado em 1954, resolveu em 1981, se aventurar no futebol profissional. Em 1981 e 1982 o clube mediu forças com o Monte Negro. Não obtendo sucesso profissional, retornou para o futebol amador.

Osasco FC: É o herdeiro do Monte Negro. Jogou a quinta divisão em 1997 e se afasta do profissionalismo, e retorna em 2002, na sexta divisão. Em 2003 não disputa torneios profissionais. Quando retornou disputou a quinta divisão novamente (a sexta havia sido exntinta). Com a unificação da quarta e quinta divisão o clube passoua disputar a quarta, alternando disputas e afastamentos. É um clube formador.

EC Osasco, também conhecido como ECO. Logo em seu primeiro ano (2000) o time se tornou campeão da quinta divisão. Em 2001, mais um título e acesso para a terceira divisão. A ascenção meteórica, porém, parou por aí. O clube até chegou perto do acesso em 2002, 2004 e 2006, mas o rebaixamento em 2007 fez com que o time se afastasse do futebol profissional embora ainda seja afiliado 'a FPF.

Grêmio Esportivo Osasco: O clube surgiu em 2007 com um início promissor, com dois acessos nos dois primeiros anos. A primeira temporada na Série A2, porém, ficou longe do ideal e com apenas seis pontos em 19 jogos, o clube foi rebaixado para Série A3. Em 2012 garantiu acesso para a Série A2. No ano de 2013, um investimento de Mario Teixeira fez a história do clube mudar. Ao comprar o Audax em setembro de 2013, o empresário praticamente uniu os clubes e o GE Osasco passou a ser uma espécie de time B do Audax. Com o investimento secundário, o clube acabou sendo rebaixado para a Série A3, onde permanece.

Grêmio Osasco Audax: confira a história completa do clube, vice-campeão paulista 2016.


Sidney Barbosa da Silva - Fonte: Federação Paulista de Futebol - Página adicionada em 15/Maio/2016.

 

Pesquisa personalizada

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo