Campeões do Futebol
Pesquisa personalizada
Historia do EC Bahia

A CONQUISTA DA TAÇA BRASIL DE 1959 PELO EC BAHIA

  Todos Campeões da Série A      História do Bahia      Titulos do Bahia               + ESPECIAIS
EC Bahia - O Primeiro Campeão Brasileiro
Vicente recebe faixa de campeão

A competição nacional foi pioneira e precursora do Campeonato Brasileiro. A conquista credenciou o Bahia como primeiro representante do Brasil na Taça Libertadores da América.

A Taça foi conquistada numa finalíssima histórica, contra o Santos do Rei Pelé, considerado por muitos o melhor time de futebol de todos os tempos, no Maracanã, no dia 29 de março de 1960. O Tricolor venceu por 3 a 1, com gols de Vicente, Léo e Alencar. A partida foi a terceira da fase decisiva. Na primeira, em plena Vila Belmiro, o Tricolor venceu por 3 a 2. Na segunda, na Fonte Nova, o peixe deu o troco – 2 a 0.

No jogo desempate, o Bahia fez 3 a 1, atuando com Nadinho; Nenzinho, Henrique e Beto; Flávio e Vicente; Marito, Alencar, Léo, Mário e Biriba. O Esquadrão de Aço era presidido pelo lendário Osório Villas Boas, um dos dirigentes mais polêmicos e controversos da história tricolor.

No banco de reservas, o comando era de era treinado por Efigênio Bahiense, o Geninho. Ele ficou no time até o segundo jogo contra o Santos. Na finalíssima, no Maracanã, o treinador foi Carlos Volante.

Primeira competição nacional de clubes no país, a Taça Brasil de 1959 foi disputada no sistema mata-mata, reunindo os principais campeões estaduais do ano anterior. Santos, São Paulo, Vasco da Gama, Atlético/PR, Atlético/MG, Grêmio, Sport/PE, Rio Branco/ES, Hercílio Luz/SC, Auto Esporte/PB, ABC/RN, Ceará/CE, CSA e Tuna Luso, além do Bahia, Campeão Baiano de 1958, disputaram o certame.

As primeiras fases foram regionalizadas. Depois de eliminar CSA, Ceará e Sport, o Bahia encarou o Vasco, nas semifinais – dando aos cariocas o mesmo destino dos rivais anteriores.

Na conquista do primeiro Campeonato Nacional realizado pela Confederação Brasileira de Desportos, entidade máxima do futebol na época, o Bahia disputou 14 jogos, venceu nove, empatou dois e perdeu três, marcou 25 gols e sofreu 18. De quebra, o Tricolor fez ainda o artilheiro da competição – Léo, com oito gols.

A base que conquistou a taça foi formada por - Nadinho; Leone e Henrique; Flávio, Vicente e Nenzinho; Marito, Alencar, Léo, Bombeiro (Mário) e Biriba.

Ficha da final - 3° jogo (desempate)
EC BAHIA 3 x 1 SANTOS FC

Data: 29 de março de 1960, no Maracanã, Rio de Janeiro, 21 horas
Arbitragem: Frederico Lopes (RJ), auxiliado por Wilson Lopes de Souza e Ailton Vieira de Moraes.
Expulsões: Getúlio, Formiga, Coutinho e Dorval (Santos); Vicente (Bahia)
Gols: Coutinho aos 27 e Vicente aos 37 minutos do primeiro tempo; Léo aos 47 segundos e Alencar aos 31 minutos do segundo.
Bahia: Nadinho, Beto, Hermínio e Nelsinho; Flávio e Vicente; Marito, Alencar, Léo, Mário e Biriba. Técnico: Carlos Volante.
Santos: Lalá, Getúlio, Mauro e Zé Carlos; Formiga e Zito; Dorval, Mário, Pagão, Coutinho e Pepe. Técnico: Lula.
  Todos Campeões da Série A      História do Bahia      Titulos do Bahia               + ESPECIAIS
Fontes: www.eusoubahia.com; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Página adicionada em 05 de junho de 2010 - atualizada em 26/Julho/2012.
  CAMPEÕES   ESPECIAIS
  + ESPECIAIS   + FUTEBOL
A Taça Brasil de 1959
Taça Brasil de 1959



Camisa listrada de 1959
Camisa utilizada em 1959
Para os apaixonados por carros Historia do EC Bahia
   Home      Historiadores      Blog Campeões      Loja Campeões
  Arquivo Campeões do Futebol - Desde 2005 | Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva | Hospedagem SBSites Brasil
 
  * Permitido a reprodução de todo conteúdo desde que citada a fonte e o Autor/Pesquisador