HISTÓRIA DO CORITIBA


Distintivo do Coritiba  CORITIBA FOOT BALL CLUB
  Fundado em 12 de outubro de 1909
  Sede: Rua Ubaldino do Amaral, 37 - Alto da Glória
  Curitiba/PR  -  CEP: 80060-195
  Estádio Major Antônio Couto Pereira
  Site: www.coritiba.com.br

História Títulos 1985 Hino Simbolos Arquivo + Clubes

       

O Começo

Tudo começou pelo entusiasmo de um grupo de amigos curitibanos que gostava de praticar esportes. Frederico Essenfelder, o Fritz, foi o grande responsável quando apareceu com uma bola de futebol, novidade no inicio do seculo.

Uma equipe foi formada para disputar um amistoso em Ponta Grossa. A equipe adversaria era formada por jovens que frequentavam o Tiro de Guerra 21 e ingleses que trabalhavam na Companhia Engeneering. No dia 23 de outubro de 1909 foi realizada a partida. Vitória do Clube de Foot-ball Tiro Pontagrossense por 1 a 0, gol de Charles Wright o responsavel pela introdução do futebol no estado.

Fundação

Na volta da viagem, João Viana Seiler, lançou a idéia de se fundar um novo clube. Reuniões foram realizadas no Teatro Hauer (foto abaixo) e, no dia 30 de janeiro de 1910, era fundado o Corytibano Foot Ball Club. Mas por idéia de João Viana Seiler, a data oficial passaria a ser o dia 12 de outubro de 1909, por ter sido naquele dia oficializado o convite para a partida de futebol em Ponta Grossa.

Teatro Hauer
Teatro Hauer, de propriedade de Ludwig Egg, localizado na esquina entre as ruas 13 de Maio e a Mateus Leme (antiga rua Martim Afonso).

O Coritiba Football-Club foi fundado em 12 de outubro de 1909, por maioria de descendentes de alemães e batizado de Corytibano e, em 1910 passou a se chamar Corytiba, como era chamado a capital do estado na época. Em 1912 a cidade mudou seu nome para Curytiba mas o clube não acompanhou a alteração. Em 1915 o clube tirou o "y" do nome, adotando a atual denominação.

João Viana Seller foi o primeiro presidente e passou, então, a preparar, juntamente com os demais companheiros, um campo para os treinos. Este campo foi feito no centro da pista de corridas do hipódromo do Guabirotuba.

A inauguração foi contra a equipe do Ponta Grossa Foot-Ball Club (nova denominação do Clube de Foot-ball de Tiro Pontagrossense) no dia 12 de junho de 1910. Vitoria do Coritiba por 5x3. Sucessivamente as duas equipes passaram a fazer amistosos para difundir o novo esporte.

Frederico Essendelfer (Fritz)
Frederico Essenfelder - o FritzIntegrou o primeiro time do Coritiba, sendo um dos pioneiros no futebol paranaense. Graças a ele o futebol foi introduzido em Curitiba, através de uma bola que trouxe da cidade de Pelotas, onde estivera por alguns meses. Além de dono da bola, Frederico (Fritz) Essenfelder era um dos melhores jogadores do Coritiba, sendo campeão em 1916, no primeiro título conquistado pelo Clube.
Nome Completo: Frederico Essenfelder - Nascimento: 23/06/1891
Posição: Líbero (Center-half) - Jogou de: 1909 a 1916 - Títulos: Campeão Paranaense (1916).

Primeiras Conquistas

O primeiro Campeonato Paranaense foi disputado somente em 1915 e logo no ano seguinte, no Paranaense de 1916, o Coritiba erguia seu primeiro troféu, ao vencer o Britânia, em final disputada já em janeiro de 1917.

A competição ainda era uma dúvida em relação a sua credibilidade e qualquer jogo de futebol era motivo de alegria e festa. Nos anos de 1917, 1920 e 1921 o Coxa conquistou o Torneio Início, competição que tinha os jogos com tempo reduzido e campo com dimensões menores.

Primeiro negro a vestir a camisa

1931 é um capítulo a parte na história alviverde, principalmente a decisão com o Palestra Itália, favorito ao título daquele ano.

A decisão, realizada no Estádio do Parque da Graciosa, o segundo estádio do Coritiba, no Juvevê, contou com um personagem que está eternizado na história, Moacir Gonçalves, o primeiro negro a vestir uma camisa de clubes da capital que existem até os dias atuais.

Moacir era treinador e jogador da equipe, fato comum na época, e vendo sua equipe perder por 3×1 resolveu entrar no jogo. Faltando 20 minutos, o Coxa virou para 5×3. O Palestra, que precisava apenas do empate para se tornar campeão, ainda diminuiu, mas não evitou a derrota.

Inauguração do seu Estádio

Alto da GlóriaAntônio Couto Pereira (Alto da Glória)

Até 1977 o estadio se chamava Belfort Duarte, uma homenagem ao ex-jogador e, um dos fundadores do América do Rio de Janeiro. O major Antônio Couto Pereira foi presidente do Coritiba em dois mandatos: de 1926 a 1927 e de 1930 a 1933. Foi ele quem comprou o terreno e iniciou a construção do estádio.
O jogo inaugural foi no dia 15 de novembro de 1932, Coritiba 4 x 2 América/RJ, Gildo do coxa fez o primeiro gol do estadio. Curiosamente, o maior público do estádio não foi em um jogo de futebol, o recorde de 80.000 pessoas foi em visita do Papa João Paulo II, dia 5 de agosto de 1980.

A Década de 70

Campeão absoluto no Estado, ainda faltava a conquista de um Tricampeonato Paranaense. A obsessão era tão grande que o Clube foi Hexa.

Mas além das conquistas dentro do estado, o Coritiba apareceu para o cenário nacional e internacional. Em uma excursão realizada pela Europa, África e Ásia em 1972, o Coxa conquistou a Fita Azul, após uma série invicta de partidas. Em 1973 o Verdão foi Campeão do Torneio do Povo, competição que reunia os clubes do Brasil com maior torcida, como Flamengo, Corinthians, Atlético-MG, Internacional e Bahia.

A Maior conquista

Em 1985 o Coritiba foi Campeão Brasileiro. Uma conquista inédita. Após eliminar Santos, São Paulo, Fluminense, Flamengo, Coritnhians, Atlético-MG, entre outras equipes, o Verdão chegou a decisão contra o Bangu, do Rio de Janeiro.

Em uma única decisão, no maior estádio do mundo, mais de 100 mil pessoas lotaram o Maracanã e viram Índio abrir o placar. Os cariocas empataram no tempo normal e o goleiro Rafael, um dos destaques daquela competição, salvou o Coxa com a bola rolando.

Na disputa por pênaltis, vitória alviverde por 6×5, fazendo a alegria de 10 mil coxas-brancas no Maraca e milhares espalhados pelos quatro cantos do Brasil. Pela primeira vez na história, Curitiba era a nova capital do futebol brasileiro. Confira no link abaixo a história da conquista.


Em 2009, no dia do seu centenário, é inaugurado o Memorial "Espaço 100 anos" sob a curadoria do Grupo Helênicos. Abaixo o primeiro distintivo (ver matéria), o Selo e Escudo do Centenário do Coxa.
Primeiro escudo - Descoberto em 2006   O Selo do Centenário   O Escudo do Centenário

Camisas (N° 1 e 2) utilizadas em 2010
Coritiba - Camisa 1 de 2010   Coritiba - Camisa 2 de 2010

Recorde Brasileiro

O Coxa é o detentor de vitórias seguidas do futebol brasileiro. A vitória por 1 a 0 sobre o Caxias em 28 de abril de 2011, no estádio Centenário em Caxias do Sul-RS, assegurou ao Coritiba o recorde de vitórias consecutivas da história do futebol brasileiro. Foi o 22° triunfo da equipe campeã paranaense de 2011, comandada por Marcelo Oliveira, que superou o Palmeiras de 1996. No total são 24 vitórias seguidas, também seguidas de goleadas históricas em todos os clássicos do campeonato paranaense e, pela Copa do Brasil, na humilhante vitória imposta sobre Palmeiras (6x0). Este mesmo Palmeiras foi o responsável pela quebra de invencibilidade, ao vencer, no jogo de volta da Copa do Brasil, um Coritiba sem seus principais titulares, por 2 a 0. Veja listagem de todos os jogos com ficha técnica.


Sidney barbosa da SilvaPesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Fonte: www.coritiba.com.br e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em 17/Novembro/2008 - atualizada em 05 Out 2016.

 

Pesquisa personalizada

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo