Federação de Futebol do Estado do Rio de JaneiroHISTÓRIA DO CAMPEONATO CAMPISTA
PARTE 1 - A LIGA


Liga Campista de DesportosLIGA CAMPISTA DE DESPORTOS
Fundada em 13 de setembro de 1913
Endereço: Avenida Alberto Torres, 71 - Campos dos Goytaczes - RJ
Site: não tem


História - Parte 1 Parte 2 Parte 3 Campeões     + FUT-CARIOCA

       

Matéria escrita por Paulo de Almeida Ourives (*)  
(publicada originalmente em historiafutebolcampista.blogspot.com)

A Liga tem sua história

Todos esses clubes (em referência as clubes da época), e a própria existência nem sempre pacífica do futebol campista, cheio de muitas rivalidades que, por paradoxal que pareça, lhe deram vida intensa e fecunda, estiveram subordinados, como não poderia deixar de acontecer, à Liga Campista de Desportos. Ela, primeiro, foi Liga Campista de Futebol, conforme os jornais da década de 10. Hoje, conhecida por LCD, com sede na Avenida Alberto Torres, 71, ela se orgulha de muita coisa, uma delas da sua própria organização, a ponto de ser a única do interior do Estado a ter expediente diário, emitir boletins mimeografados, de possuir tantos filiados e de promover uma série sem fim de campeonatos e torneios ou troféus.

Sobre a fundação da entidade, a Folha do Comércio publicava editais de convocação nos dias 10 e 11 de setembro de 1913, com o seguinte texto: "Liga de Futebol. - O Internacional Futebol Clube, desejando fundar nesta cidade uma Liga de Futebol, por este meio convida a todos os clubes desse esporte, que da mesma queiram fazer parte, a enviarem uma comissão de três membros de sua diretoria, à reunião que será realizada na próxima quinta-feira, 11 do corrente, na sede social provisória, à Rua Barão de Cotegipe, 20, a fim de serem estabelecidas as bases para a formação da mesma Liga. Campos, 8 de setembro de 1913. A Diretoria".

Na sexta-feira 12 de setembro de 1913, o mesmo jornal escrevia: "Liga Campista de Futebol. - Teve lugar ontem à noite, como noticiamos, na sede do Internacional Futebol Clube a anunciada reunião convocada para a fundação de uma Liga de Futebol nesta cidade. Às 6 horas da noite, presentes os representantes dos clubes Rio Branco, Goytacaz, Lacerda Sobrinho, Campos, Internacional, Aliança, Quinze de Novembro, Luso-Brasileiro e grande número de associados de vários clubes, foi aberta a sessão. O presidente do Internacional fez então saber à assembléia o fim da reunião, apresentou os moldes que o seu clube achava cabível à fundação da Liga e propôs a indicação do nome do Sr. Múcio da Paixão para, como presidente, dirigir os trabalhos. O Sr. Múcio da Paixão aceitou, convidando para secretário o Sr. Vitor Avezzo, representante do clube Campos. Nomeada então uma comissão, composta dos Srs. Múcio da Paixão, Aldo Muylaert e Alcides Caneca, para elaborarem os respectivos estatutos, foi encerrada a reunião".

A equipe Lacerda Sobrinho em foto de 1919Este foi o início da atual Liga Campista de Desportos, que andou mudando de nome, sofrendo crises, permitindo a criação de outra entidade para, depois, voltar ao que era e promover, como vem acontecendo, o futebol local. Agora, é bom lembrar que a 23 de setembro de 1913, em nova reunião havida na sede do Internacional, com a presença de todos os clubes da época, foram lidos os estatutos elaborados pela comissão antes constituída. Na oportunidade, um representante do Lacerda Sobrinho solicitou a divulgação dos mesmos pela imprensa, o que não ocorreu por vontade da diretoria, que preferiu fazer a divulgação após a aprovação de algumas emendas, distribuindo, então cópias aos clubes. Até o dia 10 de outubro daquele ano os estatutos não foram aprovados porque os filiados à Liga não haviam devolvido as cópias com as emendas que teriam de fazer. A 19 de fevereiro de 1914, a Folha do Comércio anunciava que, em reunião na Associação dos Empregados no Comércio, tinha sido aclamado presidente provisório da Liga Campista de Futebol o Sr. Júlio Nogueira.

O boletim oficial 76-66, da Federação Fluminense de Desportos, publicava, portanto só em 1966, o seguinte texto sobre a fundação da Liga Campista de Desportos: "Esta nossa assertiva baseia-se no seguinte: no dia, mês e ano acima referidos (13-09-1913), o Dr. Tácito Elliot Tavares, juntamente com representantes dos clubes Rio Branco, Goytacaz, Lacerda Sobrinho, Campos, Internacional, Aliança, Luso-Brasileiro e Quinze de Novembro, fundaram a Liga de Futebol de Campos, cujo primeiro presidente foi o historiador Múcio da Paixão. É verdade que no correr do tempo, cisões ocorreram no esporte da velha planície e, em consequência, duas entidades surgiram para dirigir o futebol goitacá: a Associação Campista de Esportes Atléticos (ACEA) e a Liga Campista de Futebol (LCF), que mais tarde pacificaram-se, aparecendo a Associação Campista de Esportes Terrestres (ACET). Várias vezes e por diversas razões esta Associação mudou de denominação até chegar o atual. Assim, a rigor, não houve solução de continuidade, pois sempre uma das instituições emanava da primitiva Liga de Futebol de Campos".

Múcio da PaixãoPresidentes

Presidiram a entidade campista os Srs. Múcio da Paixão, Júlio Nogueira, Antônio Faria, Domingos Guimarães, Edmundo Chagas, Ari Leôncio da Silva, Antônio Pereira Amares, Mário Veloso, Ilídio Rocha, Evandro Monteiro, José Alves Dias, Mário Pinheiro Mota, Osvaldo Cunha, João Pires Damasceno, Raul Abot Escobar, Sílvio Araújo, Bento Faria da Paz, Edmundo Vaz de Araújo, Amilcar Monteiro, Roberto d'Affonseca Monteiro, Danilo Knifis, Josélio Rocha, Édson Anomal Pereira e Rubens Mota Vilar.

Merecem citação, pelo muito que fizeram pela LCD em outras funções, José Antônio Ferreira de Araújo, Amilcar Vieira Maciel, Seniltz Gomes da Paixão, Geraldo Silva, Milton Marques, Rodolfo Grain, Jorge Arêas, José Gabriel, José Carlos Pedrosa, Domingos Ribeiro, Ronaldo Alves Gomes, Ronaldo Brasil, Ciro Luís Braga, Durval Pereira da Silva, Paulo Carvalho Rangel, Hugo de Campos Soares, Humberto Gomes Ramalho, Lourival Rocha de Oliveira, Salvador Vivacqua, Valmir Alves, Ronald Policani, Maurício Martins Filho, Alcinei Machado da Silva, Jorge Francisco da Silva, Edval Francisco da Silva, Geraldo Maria Ferraiuoli e Armando Martins Dias Júnior.

Competições

Fundada em 1913, a Liga Campista de Desportos, de lá para cá, promoveu anualmente o campeonato campista e ao longo dos anos ela vem promovendo outros certames, taças e troféus e se fez representar, com a seleção campista, nos antigos campeonatos fluminenses promovidos pela extinta Federação Fluminense de Desportos. Um certame muito prestigiado foi a Taça Cidade de Campos, instituída pela LCD em 1968 como competição oficial para preencher o vazio que permanecia todos os anos, após o término do campeonato da cidade. No início da sua disputa, isto em 1969, e durante alguns anos, ela contou com o campeão, vice-campeão, terceiro e quarto lugares nos certames municipais, passando por variações como a inclusão de todos os clubes profissionais e, ultimamente, contando com clubes amadores, já aí porque Americano e Goytacaz passaram a disputar, unicamente, certames promovidos pela FERJ e pela CBF.

Na sua melhor fase, o Americano venceu as primeira, terceira e quarta Taça Cidade de Campos. O Goytacaz triunfou nas segunda e oitava, ficando as demais com o Rio Branco (a quinta), Cambaíba (a sexta) e Sapucaia (a sétima). Os troféus sempre foram oferecidos pela Prefeitura Municipal de Campos. A LCD também promoveu campeonatos de voleibol, de futebol entre veteranos, futebol feminino e organizou, sob a coordenação do desportista Gerardo Maria Ferraiuoli, as provas ciclísticas do Padroeiro da cidade.

Livros Digitais Campeões do Futebol

Autor desta página: Sidney Barbosa da Silva
Fontes: historiafutebolcampista.blogspot.com, com pesquisas de Paulo de Almeida Ourives, Pós-Graduado em Assessoria de Comunicação Pública e Privada, Bacharel em Comunicação Social, com especialização em Jornalismo.
Fonte das Imagens: futebolcampista.blogspot.com
Página adicionada em 28 de setembro de 2010.




Pesquisa personalizada






Ir ao Topo