O FUTEBOL NO BRASIL - 1960 a 1989



1888 - 1910 1911 - 1929 1930 - 1959 1960 - 1989 1990 - 2016 Clubes Centenários Pioneirismos   + O Futebol no Mundo

       

1960
É fundada a Federação Amazonense de Futebol, da atualidade, em 26 de Setembro.

1962
No Chile, o Brasil tornou-se bicampeão mundial; o Santos- SP venceu a Taça Libertadores da América e a Copa Intercontinental (conhecida por muitos anos, no Brasil, como Mundial Interclubes).

1963
O Santos repetiu os feitos do ano anterior, vencendo a Taça Libertadores da América e Copa Intercontinental.

1967
Um campeonato entre clubes, envolvendo cinco estados do Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná) substituiu o tradicional torneio Rio/São Paulo, que ocorria desde 1933, embora de forma irregular. Este campeonato se chamava Torneio Roberto Gomes Pedrosa e foi disputado até 1970. Em 22 de dezembro de 2010 a CBF passou a reconhecer o Torneio Roberto Gomes Pedrosa como Campeonato Brasileiro.

1969
É fundada a principal entidade do futebol no Pará por um grupo de desportistas, no ano de 1969, e instalada em 02 de julho de 1970, com o nome de Federação Paraense de Futebol.

Foi criada a Loteria Esportiva para introduzir recursos necessários aos programas governamentais de esportes.

Teve início a tradicional Copa São Paulo de Juniores.

1970
No México o Brasil tornou-se tricampeão mundial.

1971
A CBD começou a organizar um campeonato com clubes da maioria dos estados do país (hoje conhecido como Campeonato Brasileiro). Este evento vem sendo realizado ininterruptamente, todavia, a forma de disputa não tem sido constante, bem como o número de equipes participantes. Também algumas edições receberam denominações diferentes como a polêmica Copa União (1987) em vários módulos, e Copa João Havelange (2000).

Neste mesmo ano tem início a Série B do Campeonato Brasileiro, tendo como primeiro campeão a equipe do Villa Nova, de Nova Lima, estado de Minas Gerais.

1974
A Federação Roraimense de Futebol é fundada em 23 de julho substituindo a Federação Riobranquense de Desportos.

1975
Aprovação no Congresso Nacional da Lei 6.251 que, entre outras medidas, institucionalizava o voto unitário nas federações e confederações esportivas. Esse sistema de voto deu às ligas do interior o poder de controlar as federações, impedindo os grandes clubes de organizar o calendário do futebol e os regulamentos dos campeonatos. Com o advento do voto unitário, pressupõe-se que as federações e a CBD (a partir de 1979, Confederação Brasileira de Futebol-CBF) organizaram campeonatos com diversos clubes “sem expressão” no cenário futebolístico do país.

1976
O Cruzeiro de Belo Horizonte-MG vence a Copa Libertadores da América, quebrando uma hegemonia de argentinos e uruguaios que vinham vencendo a competição desde 1964.

1977
A publicidade foi introduzida ao redor dos campos de futebol em todo o Brasil. O dinheiro gerado era dividido entre os estádios e as federações. O futebol entrou também na era da televisão, com video- tapes dos jogos sendo transmitidos. No entanto, os clubes não recebiam dinheiro pelas transmissões.

1978
O Campeonato sul-matogrossense surgiu com desmembramento do estado do Mato Grosso em dois - um deles chamado de Mato Grosso do Sul e, assim, aos 3 dias do mês de dezembro de 1978, surge a Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul.

1979
Extinção da Federação Fluminense de Desportos e da Federação Carioca de Futebol para fundir-se na atual Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, em 19 de setembro.

1981
O Olaria AC (RJ) vence o primeiro campeonato Brasileiro da Série C, chamada de Taça de Bronze.

O Flamengo tornou-se o 2° clube brasileiro a ser campeão do Mundial Interclubes.

1982
Iniciou-se um êxodo maciço de jogadores para a Europa.

1983
A publicidade nos uniformes foi vista pela primeira vez no nosso futebol.

Em 09 de fevereiro acontece a maior goleada da história do campeonato brasileiro. O Corinthians, com gols de Sócrates (4), Paulo Egídio (2), Biro-Biro, Ataliba, Wladimir e Vidotti, vence o Tiradentes do Piaui por 10 a 1.

Neste mesmo ano a CBF decidiu com as federações do Acre e do Rondônia a realização do Torneio de Integração da Amazônia para as equipes que ficaram de fora da Primeira e Segunda Divisões do Brasileiro.

1987
Iniciaram-se as transmissões ao vivo, gerando uma polêmica sobre o esvaziamento do público nos estádios e as compensações financeiras dos contratos assinados pelos clubes com a televisão.

Em 11 de julho, os principais clubes do país criaram o Clube dos Treze que organizou uma Copa União entre 16 times. Depois, a CBF chamou o torneio original do Clubes dos Treze de Módulo Verde (1ª Divisão), criou os Módulos Amarelo (2ª Divisão), Azul e Branco (3ª Divisão) e um cruzamento final entre os campeões e vices dos dois primeiros, que não foi aceito pelo Clube dos Treze. Assim, para o Clube dos Treze, o campeão é o Flamengo, primeiro lugar do Módulo Verde. Para a Justiça Comum, é o Sport, do Amarelo, porque o Flamengo não disputou este quadrangular. A CBF chegou a considerar ambos campeões. Só que, em cumprimento a uma ordem judicial, teve de voltar atrás. Depois de várias disputas na justiça, o Sport foi reconhecido como o campeão brasileiro de 1987.

1989
O Brasil venceu a Copa América, após 40 anos sem esta conquista.


Sidney Barbosa da SilvaPesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Fonte: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 12/Outubro/2012 - atualizada em 24/Novembro/2016.

 

Pesquisa personalizada

 

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo