+ ITÁLIA - Feminino
  História
  Série A
  Artilheiras Série A
  » MASCULINO
 
 
Pesquisa personalizada

 
Fale conosco
homeCampeonatos EstaduaisCampeonatos no BrasilCopas e Campeonatos NacionaisTorneios Continentais e IntercontinentaisCopas e Torneios de Seleções
+ FUTEBOL FEMININO    
História do Campeonato Italiano de Futebol Feminino
Uma história que tem raízes distantes

Os primeiros relatórios de atividades do futebol feminino na Itália datam de 1930, quando, em Milão, na Stoppani 12, é fundado o Gruppo Femminile Calcistico (Grupo da Mulher e Calcistico).

Linha do Tempo
Em 1946, na cidade de Trieste, é fundada duas equipes de futebol feminino: Calcio Femminile la Triestina e Le Ragazze di San Giusto.
Em 1950, em Nápolis, é fundada a Associazione Italiana Calcio Femminile (AICF), com a adesão de várias associações.
Em 1959, a partida entre Roma e Nápolis, se torna a última partida jogada pela Associazione Italiana Calcio Femminile, que é extinta.
O ano de 1965 é marcado por uma partida entre garotas entre 14 e 17 anos de idade. O jogo foi realizado na Arena de Milão, e teve Valeria Rocchi como a árbitra da partida jogada entre Bolonha e Inter.

O surgimento da Federação
A Federazione Italiana Calcio Femminile (FICF) é oficialmente fundada no ano de 1968, no periodo de maio a setembro é disputado o primeiro campeonato italiano da história, que foi realizado em dois grupos (Norte e Sul), de cinco equipes cada, sendo atribuido o primeiro "Scudetto" com uma final jogada em Pisa entre as equipes do Roma e Genova, sendo esta última a campeã.

Tudo parecia transcorrer bem, mas em 31 de Janeiro de 1970, na cidade de Roma, dez equipes abandonam a Federação (FICF) para assinar a Ata de constituição de uma nova federação - a Federazione Italiana Femminile Giuoco Calcio, sob a presidência de Aleandro Franks.

Com a fundação desta nova entidade esportiva, se fala em Série A, que tem jogos disputados em um único turno, entre as 14 equipes participantes. A Série B, tendo 24 equipes disputantes, é dividida em 04 grupos, com seis equipes cada.

Portanto, as duas Federações, a FICF e FFIGC, passam a organizar dois campeonatos nacionais simultâneamente, tendo como campeões a Gomma Gomma Milano (FFIGC) e Real Torino (FICF), e tal situação dura até o ano de 1972, quando, através de Giovanni Trabucco, é feita a fusão das entidades criando a Federazione Femminile Italia Unita Giuoco Calcio (FFIUGC). Eleito como primeiro presidente da FFIUGC, Giovanni Trabucco deu uma maior dinâmica ao futebol feminino

Em 1980, em Bérgamo, foi fundada a Associazione italiana calciatrici, tendo como presidente a Professora Annamaria Cavarzan. Esta entidade funcionou até o ano de 1989.

Em 1985, as atividades do futebol feminino é enquadrada a LND com a criação do Comitê de Futebol Feminino e, em 1987, são criadas várias comissões para o desenvolvimento do futebol.

O Futebol Atual
Atualmente, os campeonatos são divididos da seguinte forma:
Campeonato nacional: Série A, Série B e Série C;
Torneios nacionais: Copa Itália, Supercopa, Campeonato de Primavera e Trofeo Cittá di Arco "Beppe Viola".
Fonte: www.divisionecalciofemminile.it, com a colaboração de Henry Miller
adicionado em 18 de Junho de 2008                                                           + FUTEBOL FEMININO

 

Melhor visualizado em 1024x768

 

Campeões do Futebol © Copyright - Desde 2005 - *permitida a reprodução desde que citada a fonte*