Arquivo FutebolAS DUAS MAIORES GOLEADAS DA HISTÓRIA DO FUTEBOL


Maiores Goleadas do Futebol Mundial   + ESPECIAIS


O Arbroath já não é mais o detentor da maior goleada da história do futebol. Em maio de 2016, o Pelileo Sporting venceu o Indy-Native, em jogo válido pela terceira divisão do Equador, por sonoros 44 a 1. No primeiro tempo o Pelileo já vencia por 24 a 0.

Retirando o "protesto" do SOE, de Madagáscar, em que seus próprios jogadores "marcaram contra a própria meta 149 vezes", no jogo com o AS Adema, na segunda partida do play-off entre as duas equipes, o placar mais alto registrado em um jogo de futebol, realmente jogado, e por competição de primeiro nível, aconteceu pela Copa da Escócia, no longíquo ano de 1885. Arbroath 36 x 0 Bon Accord, sendo que, no mesmo dia aconteceria a segunda maior goleada da história, Dundee Harp 35 a 0 Aberdeen Rovers.

A partida Arbroath 36 x 0 Bon Accord

Arbroath Football ClubJohn Petrie pode ser o jogador mais famoso a ser lembrado da goleada em que o Arbroath aplicou sobre o Bon Accord, em jogo válido pela Copa da Escócia de 1885. Ele foi o autor de 13 gols naquela partida, mas os outros dez jogadores também são merecedores de tão famosa marca.

O goleiro era John Milne, também conhecido como "auld Milne", ou o homem de "olhos de águia", apesar de nada fazer naquele dia chuvoso. Teve até que pedir emprestado um guarda chuva a um amigo na multidão.

Bill Collie e Tom Salmond eram os defensores, enquanto Hem Rennie, Jim Milne Junior e Dyken Bruce (o marcador do primeiro gol) jogavam no meio campo - Jim Milne, particularmente, era um jovem de notável habilidade, e dizia-se que "a qualquer momento faria um gol de cabeça, na mesma potência de um chute".

Enquanto Petrie, atormentava o ala direita Strathmore, do Bon Accord, Johnny Tacket, Jim Marshall, David Crawford e Jim Buick completavam o ataque (linha de frente).

O resultado permanece como o maior registro mundial de gols numa única partida, enquanto os 13 gols que Petrie fez, também é reconhecido como o maior número de gols marcado por um jogador numa mesma partida.

Porém, a conta final poderia ter sido ainda maior. O Árbitro da partida, Dave Stormont, revelou anos depois, que o Arbroath poderia ter feito 43 a 0. Stormont disse: "Meu único erro foi que escrevi com giz e sete gols ficaram para trás na contagem final". Nesta época não havia rede nas traves e, algumas pessoas, duvidaram da contagem de 36 a 0 - pois haviam contado gols a mais na partida.

No jogo seguinte o Arbroath derrotou o Forfar por 9 a 0 e o Dundee's East End por 7 a 1, sendo eliminado pelo Hibernian, na quarta partida pelo placar de 5 a 3. Nesta temporada, os "Lichties" jogaram 42 vezes, ganharam 26 e perderam 11 partidas - marcaram incríveis 178 gols e sofreram 81.

Dundee Harp 35 x 0 Aberdeen Rovers

Inacreditavelmente, no mesmo dia e pela mesma competição, o Dundee Harp enfiou 35 a 0 no Aberdeen Rovers - só que a contagem também poderia estar errada, deveria ser maior. Ao término do jogo, o Árbitro disse que tinha sido difícil manter a contagem dos gols - ele pensara que tinha sido 37. Porém os jogadores do Dundee admitiram que eles tinham registrado "só" 35 gols. O Árbitro aceitou a versão dos jogadores do Dundee e telegrafou o resultado de 35 a 0 como oficial à Federação. Só depois, quando os jogadores do Dundee Harp, ficaram sabendo do resultado do Arbroath, eles acabaram por lamentar a honestidade.


Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: www.arbroathfc.co.uk; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 12 de janeiro de 2007; atualizada em 23/Outubro/2017.

 

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo