ESTÁDIOS DO PALMEIRAS

Do Parque Antarctica a Palestra Itália


Palmeiras   SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS
   Fundado em 26 de Agosto de 1914
   Cidade: São Paulo/SP


História 1914-1950 História 1951-2015 Titulos Hino Estádios Confrontos Todos os Jogos Maiores Públicos Foto Galeria Arquivo Verde                                                                                                                  + Clubes

       

Estádio Palestra Itália em 2010
O Estádio Palestra Itália, conhecido popularmente como Parque Antártica, em 2010

Onde tudo começou

A história do Estádio Palestra Itália remonta à virada do século 19 para o século 20 e envolve uma das mais tradicionais empresas brasileiras da época, a Companhia Antarctica Paulista.

Pensando no lazer dos Paulistanos, a empresa criou o Parque da Antarctica, um espaço de 300 mil metros quadrados que abrangia uma vasta área verde, com lago, parque infantil, restaurantes, choperia, local para bailes, reuniões e áreas para prática esportiva (incluindo pistas de atletismo, quadra de tênis e um dos primeiros campos de futebol do Brasil).

No dia 03 de maio de 1902, o Mackenzie College venceu o Germânia (atual Esporte Clube Pinheiros) no Parque Antarctica por 2 a 1, dando início ao primeiro campeonato oficial de futebol do Brasil, o Paulista.

Com o início da 1ª Guerra Mundial, o Germânia, que mandava jogos no Parque Antarctica, diminuiu suas atividades e repassou seu contrato de locação para o já extinto América FC.

Porém, o América enfrentava dificuldades econômicas e passou a sublocar o espaço para outros times. Asiim, em 1917, o Palestra Itália passou a mandar seus jogos no Parque Antarctica. O América utilizava a estrutura de manhã, e o Palestra à tarde.

O dia 21 de abril ficou marcado como a data da primeira partida da equipe no estádio que futuramente seria a casa alviverde. Como cartão de visita, o Palestra goleu o Internacional por sonoros 5 a 1.

A compra

Com o apoio da Companhia Matarazzo, o Palestra Itália comprou o campo e grande parte do terreno do Parque Antarctica por 500 contos de réis, uma fortuna para a época.

As condições de pagamento também não eram muito favoráveis: metade à vista e outra metade em duas prestações anuais de 125 contos de réis. Uma aposta ousada, mas foi aceita pelo presidente Menotti Falchi. E no dia 27 de abril de 1920, o contrato foi formado. No primeiro jogo como proprietário do estádio, em 16 de maio, goleada sobre o Mackenzie por 7 a 0.




Jogo noturno

No dia 24 de maio de 1930 é realizado o primeiro jogo noturno no estádio: Palestra Itália 3 x 3 Juventus.

Reformas, ampliação e inauguração

Aos poucos, o clube passou a investir em grandes reformas no local, incluindo a construção da arquibancada geral, ainda de madeira, e da tribuna social (reservada aos associados do clube).

Em 13 de agosto de 1933, o Palestra Itália vencia o Bangu por 6 a 0, pelo Torneio Rio-São Paulo, marcando a inauguração do "Stadium Palestra Itália". Já com arquibancadas de concreto, tratava-se do maior, mais moderno estádio do país à época. Neste mesmo período, a sede social do clube foi transferida do centro da cidade para o entorno do estádio.

A reforma de 1962

No dia 21 de abril é disputado o último jogo com alambrados: Palmeiras 7 x 0 Inter de Limeira. Então, o estádio fecha para reformas. Dois anos depois, em 1964, as reformas são cocluidas e no dia 7 de setembro, diante de um público de 31.899 pessoas, é relizado o primeiro jogo com o famoso "Jardim Suspenso": Palmeiras 2 x 0 Esportiva de Guaratinguetá.

O recorde de Público e Invencibilidade

No dia 18 de agosto de 1976, o Palmeiras derrota o XV de Piracicaba com um gol de Jorge Mendonça e conquista o Campeonato Paulista diante de 40.283 pagantes - recorde de púbico do estádio. Foi o último título do craque Ademir da Guia pelo Verdão e também a última conquista antes do jejum que perdurou até 1993. Neste período de jejum, no ano de 1986, o Verdão inicia uma sequência de invencibilidade de 68 jogos atuando no Estádio Palestra Itália, que só terminaria em 1990.

A maior conquista no Estádio Palestra

No dia 16 de junho de 1999, o Palmeiras conquistou no Palestra Itália um dos títulos mais importantes de sua história - a Copa Libertadores. Após vencer o Deportivo Cali no tempo normal por 2 a 1, e na disputa de penalidades por 4 a 3.

O adeus ao antigo estádio Palestra Itália

Em 22 de maio de 2010, o Palestra Itália recebeu sua última partida oficial: vitória do Palmeiras por 4 a 2 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro da Série A. Pouco mais de um mês depois, no dia 9 de julho, um amistoso entre Palmeiras e Boca Juniors, que terminou com vitória da equipe argentina por 2 a 0, marcou a despedida definitiva do estádio. Entra em cena a construção da Arena Palestra (Allianz Parque).

ARENA MULTIUSO "ALLIANZ PARQUE"

Estádio Allianz Parque

Através de uma parceria com a inciativa privada (WTorre S.A.), o clube deu início em 2008 ao projeto de construção da mais futurista arena de esportes da América do Sul, com capacidade para 40 mil torcedores e até 55 mil espectadores para shows e eventos, além da reforma do clube social. Assim, no mesmo local do solo sagrado do Estádio Palestra Italia, surgiu o Allianz Parque, cuja inauguração ocorreu contra o Sport, em jogo do campeonato brasileiro, no dia 19 de novembro de 2014 como presente de Centenário à torcida palmeirense.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fontes: www.novaarena.com.br; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em 04 de abril de 2013 - atualizado em 05 de Julho de 2016.

 

Recomendado para você

 

Pesquisa personalizada

 

 

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo