Arquivo
   Especiais
   + Futebol
+ POESIAS   
Alberi José Ferreira de Matos
“O Bola de Prata Potiguar”
Poeta Cypriano Maribondo (em 09/12/2009) – cmgtpoeta@yahoo.com.br
Alberi José Ferreira de Matos, o “Bola de Prata”
Em mil novecentos e quarenta e cinco, nasceu você.
O Pernambucano do Recife, com coração Potiguar.
Em mil novecentos e sessenta e oito, veio para o ABC.

Marcou dois gols, na estreia, contra o Ferroviário.
O seu belo futebol, logo aos ABCdistas , agradou.
Em setenta e dois, no ABC, ganhou a Bola de Prata.
Como centroavante, a Placar, e o Brasil conquistou.

Aqui em Natal, tambem jogou, no Alecrim e América.
Em Mossoro no Baraúnas, no Sergipe, Icasa do Ceará.
O mais importante para Natal, é a sua grande Paixão.
Seu ABC, Elefante Alvinegro, o mais querido Potiguar.

Seu belo futebol, ainda hoje, é pôr todos reconhecido.
Aqui no Rio Grande do Norte e pôr todos brasileiros.
O seu ABC, deu o seu nome ao Centro de Treinamento.
Alberi, nosso Bola de Prata, coração potiguar verdadeiro.

No ano de dois mil e um, o Jornal Tribuna do Norte.
Em pesquisa escolheu o time dos noventa anos do ABC.
A seleção de todos os tempos do elefante mais querido.
Com Hélio Show, Marinho Chagas, o camisa dez foi você.

Seguidos pôr Sabará, Alexandre Menezes, Maranhão.
Edson e Danilo Menezes, Jorginho, Silva e Reinaldo
Alem dos onze titulares, também, Sérgio Alves, Fideles,
Juntos com Ivan Matos, no time do século, lembrados.

Mas para todos os ABCdistas que viram você jogar.
A “Camisa Dez” brilhou mais quando o dono era você.
A beleza do seu futebol, mostrou o ABC ao mundo.
Alberi, o nosso Bola de Prata, alma e garra do ABC.
  PERFIL DO POETA                                                          + POESIAS
Pesquisa personalizada
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva - Desde 2005