Arquivo
   Especiais
   + Futebol
+ POESIAS   
“Eu e o Futebol”
Poeta Cypriano Maribondo (em 01/12/2009) – cmgtpoeta@yahoo.com.br
O futebol. Para mim, sempre foi paixão.
Mas notei que com a bola, nunca teria jeito.
Pôr causa disto, tornei-me um observador.
Paro nas ruas, para ver, jogadas de efeito.
Que acontecem, nas brincadeiras das crianças.
Onde as ruas de terra, vira um campo gramado.
As jogadas de craques aparecem, naturalmente
Todos vibram, com mais um belo gol marcado.

Eu leio, assisto, vibro, ouço, opinião, torço muito.
Pêlos meus três alvinegros, declaro minha paixão.
Lembro os tempos de colégio, onde tentei jogar.
Um gol contra que marquei, nos fez, vice campeão.
Neste dia, aos 16 anos, decidi, nunca mais jogar.
Resolvi ser apenas admirador e grande torcedor.
Pôr isso hoje, consigo, na minha poesia, demostrar.
Que o futebol sempre foi, é e será, um grande amor.

Infelizmente, meus alvinegros, estão numa fase ruim
O meu ABC, já esta querendo voltar para Serie “C”.
Meu Botafogo da Paraíba, hoje, está fora de série.
O Botafogo do Rio, está querendo voltar a série “B”.
Mas continuo, sempre, amando estas três bandeiras.
Para mim, como o fênix, retornarão aos dias de glórias.
Torcedores não são apenas, os que vibram com títulos.
São fies nas derrotas, e ganham os júbilos das vitórias.

Hoje, infelizmente, estou indo pouco aos estádios.
Sou epiléptico, tenho medo do que pode acontecer.
Quando a emoção do jogo, na vitória ou derrota.
Seja muito forte, quem sabe uma crise, venha sofrer.
Acompanho os jogos pelo radio ou pela televisão.
Algumas vezes, ao lado do meu filho, vou ao estádio.
Continuarei sempre, acompanhando este belo esporte.
Sempre irei admirar, um belo futebol, bem jogado.
  PERFIL                                                                        + POESIAS
Pesquisa personalizada
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva - Desde 2005