Federação Mineira de FutebolPRIMÓRDIOS DO FUTEBOL MINEIRO



Primórdios Dos Campeonatos A Liga Mineira Campeões   + FUT-MINEIRO

por Marilita Aparecida Arantes Rodrigues*

A Primeira Década do Século XX - Os Esportes

As experiências da modernidade deveriam acontecer no espaço público da cidade, e a rua passou a ser o símbolo fundamental da vida moderna. Mas Belo Horizonte só foi cedendo ao espírito moderno e aos valores cosmopolitas do início do século muito lentamente. A imprensa relatava a apatia dos belo-horizontinos pelos espaços de lazer existentes. Mesmo assim, merece destaque nesse período o surgimento do futebol e a construção do hipódromo.

Na capital recém-inaugurada, uma das diversões prediletas era o pau-de-sebo. Colocava-se dinheiro no topo de um mastro escorregadio, e aventureiros tentavam pegá-lo. Era uma brincadeira que atraía multidões e que acontecia em qualquer festa. As touradas locais e companhias internacionais marcaram presença nesse período.

Em maio de 1904, a novidade na cidade foi o futebol. O responsável pela sua introdução e divulgação foi o carioca Victor Serpa, acadêmico de Direito, que o havia aprendido na Suíça. Seus primeiros exercícios foram realizados no Parque Municipal, em uma das suas alamedas. Em 10 de julho, Serpa e outros companheiros fundaram a primeira agremiação de futebol da cidade - o Sport Club Foot-Ball. Sua sede ficava numa loja na Rua Caetés e os treinos eram feitos no Parque Municipal. Foi o futebol, inicialmente, a prática esportiva que despertou o maior interesse na capital, tornando-se uma das práticas sociais mais significativas do seu cotidiano, bem como a mais elegante.

Em 15 de outubro do mesmo ano, teve início o primeiro campeonato entre os primeiros clubes da cidade: o Sport Club Football - inscrito com dois times: o Vespúcio e o Colombo ; o Plínio F. Club; o Mineiro F. Club; e o Estrada and Atletic Association. No ano seguinte, em 30 de setembro, pela primeira vez um clube de futebol da capital participou de um jogo intermunicipal. Em 1908, em 25 de março foi fundado, na capital, um dos clubes mais representativos da sua história - o Atlhetico Mineiro Football Club, posteriormente (1915) Clube Atlético Mineiro - e no ano seguinte foi criado o Yale Atletic Club, em 7 de julho, clube que teve destaque pelas suas grandes iniciativas no domínio dos esportes.

O interesse da sociedade pelos esportes, aliado ao apoio da prefeitura, resultou na construção, em 1905/1906, do Prado Mineiro. Em 10 de janeiro de 1905, a Sociedade Anônima Prado Mineiro recebeu da administração municipal, pelo prazo de 25 anos, os terrenos necessários à construção de uma pista para corridas de cavalos, arquibancadas e demais dependências. Nessa construção, deu-se ao seu pavilhão o aspecto esportivo dos grandes prados europeus. Sua inauguração aconteceu em 8 de julho de 1906. Foi um acontecimento que mereceu destaque em vários jornais do País. O Prado passou a ser um espaço de grande importância para a vida esportiva da cidade - cenário para o turfe, o futebol, exposições e as primeiras experiências com a aviação.

Outra novidade aconteceu em 1909, no dia 19 de dezembro, na festa promovida no Parque Municipal pelo Sport Club. Entre várias corridas de bicicletas, de velocípede e a pé, aconteceu a primeira competição pública de natação na capital. Em 60 metros, no lago do norte, Carnes Calvert coloca-se em primeiro lugar, seguido de Honório Magalhães, em segundo.

Década de 1910

Nessa década, o futebol foi-se caracterizando como uma das modalidades esportivas preferidas na cidade. Abriram-se com ele as fronteiras da capital para os primeiros jogos interestaduais. Em 1910, no campo do Sport Club, no Parque Municipal, esse clube disputou uma partida amistosa com o Riachuelo F. Club, do Rio de Janeiro. Em 1914, pela primeira vez o scratch de jogadores do Rio de Janeiro, formado por jogadores dos clubes Flamengo e Botafogo , jogou no Prado uma partida com um time formado por jogadores do Yale, Atlético e América, e em 1918, o Sport Club foi a São Paulo jogar com o Palestra Itália.

Também no futebol, o primeiro jogo a cobrar ingresso foi uma partida realizada no dia 17 de julho de 1911, entre o Morro Velho Atletic Club, time com forte influência dos ingleses da vizinha cidade de Nova Lima, e o Yale F. Clube, da capital.

Nesse período, a Prefeitura Municipal apoiou os times de futebol, Yale Atletic Club (1911) e Clube Atlético Mineiro (1916) cedendo espaço para a construção de seus campos esportivos, e um novo clube é fundado em 1912 - o América Football Club.

Um grande avanço no processo de institucionalização do futebol foi alcançado em 1915, com a criação da Liga Mineira de Esportes Atléticos, alicerce da Federação Mineira de Futebol. Nesse mesmo ano, organizou-se o primeiro Campeonato Mineiro de Futebol, cujo titulo foi conquistado pelo Clube Atlético Mineiro. Aparecem nessa época os primeiros jornais esportivos: o Foot-ball (1917) e O Treno (1918).

Além do futebol, várias manifestações esportivas apareceram no cenário da capital: o lawn tennis, o criket, o hockey, o box, a luta greco-romana, o patins e o tiro, dentre outras. A presença do croquet - jogo de divertimento da sociedade inglesa, da segunda metade do século XIX - pode ser notada em fotografias da época, onde aparecem homens, mulheres e crianças, elegantemente vestidos, segurando o malho (mallet), uma espécie de martelo usado no jogo.

por Henrique Nicolas*


Década de 1920

O Futebol se consolidou. Em março de 1921, o Cruzeiro recebe a inscrição de 16 jogadores de origem italiana do Yale. A debandada provocou um mal estar entre os clubes. Os dirigentes do Yale acusaram o Palestra de aliciamento. A cidade já possuía vários clubes de futebol, representativos de alguns bairros como o Guarani e Fluminense , o Calafate F. C., o Carlos Prates F. C., o Palmeiras e o Sete de Setembro, dentre outros.

Nesse período, os três maiores clubes de futebol da cidade - Atlético, América e Cruzeiro - construíram seus estádios. Em 1920, a Prefeitura cedeu ao América F. Clube o terreno para construir seu campo, inaugurado em 1923. Suas arquibancadas tinham capacidade para 20 mil espectadores.

Nessa época, iniciaram-se as obras em outro terreno doado pelo município, no Parque Municipal, porque a prefeitura decidiu construir o Mercado Municipal justamente na quadra do América.

Ainda em 1923, também a Sociedade Sportiva Palestra Itália (Cruzeiro) inaugurou sua quadra de esportes na região do Barro Preto. No mesmo período iniciaram-se as obras de construção do Clube Atlético Mineiro, em terreno doado pelo Governo do Estado, em Lourdes, que foi inaugurado em 1929 com o nome oficial de Estádio de Futebol Antônio Carlos. Em 1970, esse terreno, onde nos anos 80 funcionou um Campo de Lazer, foi desapropriado pela prefeitura. Reincorporado ao Atlético, na década de 90 foi negociado para a construção de um Shopping (Diamond Mall).



* Marilita Aparecida Arantes Rodrigues, Professora da rede municipal - Doutoranda em História na UFMG.
A década de 1920 foi revisada por Henrique Nicolas, tendo como fonte O Almanaque do Cruzeiro.
Página adicionada em 27 de fevereiro de 2014 - revisada em 03/Agosto/2014.

 

Shopping Campeões do Futebol