HISTÓRIA DO REAL MADRID


Real Madrid CF  REAL MADRID CLUB DE FÚTBOL
  Fundado em 06 de março de 1902
  Endereço: C.C. La Esquina del Bernabéu, Concha Espina, 1, 28036 - Madrid/ESP
  Estádio Santiago Bernabéu
  Site: www.realmadrid.com


História Titulos Hino Recordes Presidentes Arquivo do Real + Clubes do Mundo


Primeira diretoria

Fundado oficialmente com o nome de Madrid Football Club no dia 6 de março de 1902 por um grupo de praticantes de futebol. Sua primeira junta Diretiva é composta por Juan Padrós Rubio, presidente; Enrique Varela, vice-presidente; Manuel Mendía, secretario; José de Gorostizaga, tesoureiro; Antonio S. Neyra, Mario Giralt, Carlos Mertens, Álvaro Spottorno e Arturo Meléndez, vogais.

Primeiro uniforme e distintivo

O primeiro uniforme do clube foi criado como imitação do famoso Corinthian FC de Londres, camisas e calções brancos, gorro e meias de cores azuis. O escudo ficou com as iniciais do clube bordada (abaixo todos os escudos do clube).

Escudos do Real Madrid CF


Primeiro uniforme do Real Madrid
Primeiro uniforme (1902) - réplica do Corinthian Inglês


Camisa do Real Madrid em 1931
Camisa utilizada em 1931
A primeira partida

Em 2 de maio, no Hipódromo de Madrid, a equipe faz a sua primeira partida de sua história, um amistoso, com o New FC, e terminada empata por um gol. O Árbitro foi Padrós, e os gols foram de Vallarino (New FC) e Sainz de los Terreros (Madrid). As equipes formaram com:
Madrid FC: A. Meléndez; M. Spottorno, Stanffer; Mendía, Góngora, Lorenzo; A. Terreros, Revuelta, Cárdenas, J. Palacios, Varela.
New FC: López Amor; J Aragón, Bisbal; J Pérez, Vidal, Piñana; V Pérez, Hodans, Vallarino, Garrido, Díaz.

A segunda partida

Em 13 de maio disputa sua segunda partida, a primeira da longa história Real Madrid x Barcelona, com vitória do adversário por 3 a 1, realizada no Hipódromo de Madrid, tendo como juiz Arena; Gols: Steimberg (2), Joan Gamper (Barcelona) e Johnson (Madrid).
O Madrid FC atuou com Sevilla, M.Giralt, J. Giralt, Molera, Gorostizaga, A. Spottorno, J. Palacios, Jhonson, Neyra, J. Giral e Celada; o Barcelona com Reig, Witty, Llobet, Terradas, Meyer, Valdés, Parsons, Steinberg, Gamper, Ossó e Albéniz.

O título de club "Real"

Em 29 de junho de 1920 o Rei Afonso XIII concede o título de "Real" ao clube, que passa a se chamar Real Madrid Club de Fútbol. Como gratidão por tão horoso título, Pedro Parages enviou uma carta ao Rei, buscando uma audiência com Afonso XIII para entregar uma carta de nomeação de Presidente de Honra do clube.

Época de "Ouro"

Entre os anos 1955 até 1970, o clube tem suas maiores glórias e o maior esquadrão do futebol europeu pois contava com craques como Di Stéfano, Puskas, o brasileiro Evaristo de Macedo, Gento e outros:
1955- Estréia na Liga dos campeões e conquista seu quarto título da Liga Espanhola.
1956- Conquista a primeira Copa dos campeões da Europa após vencer o Stade Reims, da França, por 4 a 3. Neste mesmo ano vence a Pequena Copa do Mundo, disputada em caracas/VEN, pela segunda vez.
1960- Conquista pela quinta vez seguida a Copa dos campeões da Europa, com vitória arrasadora (7x3) sobre o Eintracht Frankfurt da Alemanha. Conquistaria ainda o título da Copa Intercontinental, ao bater o Penãrol do Uruguai em duas partidas (0x0 e 5x1).
1961 a 1970- várias conquistas em competições nacionais, continentais e intercontinentais. No ano de 1963 inaugura o Complexo Desportivo e campos de treinamento, chamada de Cidade Desportiva.

Ciudad Real Madrid

Di StéfanoEm 12 de maio de 2004 foi uma data histórica para o clube. Nesse dia teve lugar a colocação da primeira pedra do que será a futura Cidade do Real Madrid, no Parque de Valdebebas, com 120 hectares destinados ao uso dos profissionais do clube, e entretenimento dos seus milhões de seguidores pelo mundo.

O clube conta, em 2013, com 10 campos de futebol, ginásios, academia, uma ampla e bem equipada sala de imprensa, e o estádio Alfredo Di Stéfano (veja Biografia do Craque), inaugurado em 2006.

Em 16 de dezembro de 2017, conquista seu terceiro título do Mundial de Clubes da FIFA ao bater, na final, o Grêmio FBPA por 1 a 0, gol de Cristiano Ronaldo. Somados os títulos mundiais da FIFA com a Copa Intercontinental, o Real passou a ter, reconhecidamente, seis titulos mundiais.


Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: www.realmadrid.com; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em 06/Março/2013 - atualizada em 16/Dezembro/2017.

 

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo