Federação de Futebol do Estado do Rio de JaneiroOS DEZ CLUBES QUE JÁ FIZERAM MIL JOGOS EM CARIOCAS DA 1ª DIVISÃO



História (1ª Divisão) 1ª Divisão (1° Quadro) Arquivo    + FUT-CARIOCA

       

O Campeonato Carioca, que chega a sua 105ª edição (1906 a 2009), tem riquíssimas histórias para contar nos seus 103 anos. Poucos sabem com precisão quando e quantos clubes chegaram aos 1.000 jogos na competição mais charmosa do país.

Dos 68 times, que já participaram do Estadual, nove já alcançaram o milésimo jogo: Fluminense, Botafogo, América, Flamengo, São Cristóvão, Bangu, Vasco da Gama, Bonsucesso, Olaria e Madureira.

Neste ranking seleto, das dez equipes, apenas três venceram (Botafogo, América e Flamengo), outros quatro empataram (Fluminense, São Cristóvão, América e Vasco da Gama) e três saíram de campo derrotados (Bonsucesso, Olaria e Madureira).

A PRIMEIRA A GENTE NUNCA ESQUECE
O FLUMINENSE FC foi o primeiro clube a alcançar os mil jogos, no dia 26 de novembro de 1961. O jogo aconteceu na Rua Bariri, e o Tricolor das Laranjeiras ficou no empate com o Olaria de 2 a 2. Humberto aos 9 minutos do primeiro tempo e Esquerdinha aos 7 minutos da etapa final fizeram para o Fluminense, enquanto Valter aos 13, e Didi aos 30 minutos da segunda etapa, deixaram tudo igual.

FOGÃO IRRESISTÍVEL: TÍTULO, INVENCIBILIDADE E O MILÉSIMO JOGO
Dezenove dias depois, o Fluminense foi novamente protagonista de mais um milésimo jogo. Só de que dessa vez quem chegou à marca, foi o BOTAFOGO FR. Disputado no Maracanã, o Clássico Vovô, teve o triunfo do Alvinegro, que venceu por 1 a 0, no dia 14 de dezembro de 1961. O gol só poderia ser do maior ídolo da história do Botafogo: Mané Garrincha marcou aos 6 minutos do segundo tempo. Além da marca, nesse jogo o Alvinegro chegou a 41 partidas invictas e no final, conquistou o título Estadual.

MIL VEZES AMÉRICA
O AMÉRICA FC, que atualmente disputará a Segundona, já fez grandes jogos. Em 7 de julho de 1963, o Mequinha foi o terceiro clube a chegar aos mil jogos, ao golear o Canto do Rio por 4 a 1, no Estádio Caio Martins, em Niterói. A partida foi pela segunda rodada do primeiro turno. Nelsinho aos 6 minutos abriu o placar para o América; Homero aos 12 minutos empatou para o Cantusca; Sabará aos 41, da primeira etapa recolocou o América em vantagem. No segundo tempo, Zezinho aos 25, e Sabará aos 42 minutos fecharam o placar.

CAMPEÃO DE 1963, MENGÃO CHEGA AOS 1.000 JOGOS
O CR FLAMENGO, que só passou a disputar o Estadual em 1912, foi o quarto a atingir os 1.000 jogos em cariocas. No dia 10 de outubro de 1963, o Rubro-Negro enfrentou a Portuguesa Carioca, que era o time mandante e escolheu São Januário como palco do jogo. Quis o destino que o clube da Gávea alcançasse a marca no campo do arqui-rival, e com vitória por 1 a 0, gol assinalado pelo volante Nélson, de pênalti, aos 42 minutos do primeiro tempo. Nesse ano, o Flamengo conquistou o título carioca, com destaque para o atacante Airton, artilheiro do time com 15 gols.

CADETES SÃO O QUINTO CLUBE A CHEGAR A CASA DOS MIL
O SÃO CRISTÓVÃO FR para quem não sabe, foi o quinto clube a chegar ao milésimo jogo na competição. Pela sexta rodada do primeiro turno, no dia 9 de agosto de 1964, o time Cadete, jogando no seu Estádio de Figueira de Melo, empatou com o Vasco em 3 a 3. Num jogão, o Vasco abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com o atacante Mário (aos 2 e 44 minutos). Na etapa final, o meia Valter diminuiu aos 5, mas Célio, de pênalti, ampliou para a cruz-de-malta. Dois minutos depois, Aladim encostou para o São Cri-Cri. E aos 44 minutos, Valter, de novo, igual o placar. Os cadetes terminaram o Estadual na 10ª posição.

BANGUZÃO: VICE-CAMPEONATO COM GOSTINHO 1.000
Vinte sete dias depois, foi à vez do BANGU AC atingir as 1.000 partidas na história da competição. No dia 5 de setembro de 1964, o Alvirrubro enfrentou o América, no Estádio Mario Filho, Maracanã, com um público de quase 10 mil pessoas. Apesar de uma partida bastante disputada do início ao fim, empate sem gols. O Bangu naquele ano, chegou a decisão contra o Fluminense, mas acabou perdendo os dois jogos: 1 a 0 e 3 a 0, terminando com o vice.

MACHÃO DA GAMA ALCANÇA A MILÉSIMA PARTIDA EM CARIOCAS
O sétimo clube, que completou mil partidas, foi o CR VASCO DA GAMA. No dia 2 de abril de 1972, válido pela sétima rodada da Taça Guanabara, no Clássico da Paz, o time de São Januário mesmo tendo craques como Buglê, Roberto Dinamite e Suíngue, não conseguiu passar pelo bom goleiro Jonas e ficou no empate com o América em 0 a 0, no Maracanã. Com uma renda de Cr$ 128.233,00 e um público de 20.235 pagantes. Naquele ano, o Vasco acabou na terceira posição, atrás de Fluminense (vice) e Flamengo (campeão).

BONSUÇA ESTREIA EM 1978 COMPLETANDO 1.000 PARTIDAS
O BONSUCESSO FC foi o oitavo clube a alcançar a marca histórica de 1.000 jogos em cariocas. A data especial aconteceu, no dia 3 de setembro, na estreia do Campeonato Estadual de 1978, contra o América, no Estádio Volnei Braune, no Andaraí. O Leão da Leopoldina foi derrotado por 2 a 0, mas no final terminou na sétima colocação, com 17 pontos, na frente de Bangu, Campo Grande, Madureira, Olaria e Portuguesa. Atualmente, o Rubro-anil é o 11º colocado no Ranking geral (1906 a 2009), com 742 pontos, em 1.126 jogos: 245 vitórias, 252 empates, 629 derrotas; marcando 1.409 gols e sofrendo 2.505, com um saldo negativo de 1.096.

ROMÁRIO E OLARIA... MIL E TUDO A VER
Dezoito anos depois, foi à vez do OLARIA AC chegar a incrível marca, se tornando o oitavo clube a alcançar 1.000 jogos. O time que revelou Romário, que 12 anos depois chegaria ao milésimo gol na carreira, também teve o seu dia Mil. A partida histórica aconteceu, no dia 22 de fevereiro de 1995, pela oitava rodada da taça Guanabara. Jogando no Estádio Mourão Filho, na Bariri, o Olaria acabou sendo derrotado pelo América pelo placar de 3 a 1. A festa parecia que seria do Olaria, já que o atacante Júnior, emprestado na época pelo Vasco, abriu o placar aos 3 minutos do segundo tempo. No entanto, Álvaro (29 min), Gilson (30 min) e Maurício (32 min), deram a vitória ao Mequinha. O time olariense terminou a competição daquele ano na décima quarta colocação.

TRICOLOR SUBURBANO É O DÉCIMO A CHEGAR AO MILÉSIMO JOGO
O último a completar a seleta lista dos mil jogos, foi o MADUREIRA EC. No dia 2 de junho de 1996, o Tricolor Suburbano enfrentou o Vasco da Gama, em São Januário. Apesar de ter jogadores de expressão como o goleiro Acácio, o volante Bonamigo e o atacante Gilson, o Madureira acabou goleado por 5 a 1. Demetrius abriu o marcador para o Madura aos 16 minutos, mas depois só deu Vasco. Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, empatou aos 39 minutos do primeiro tempo. Nilson fez aos 5 e 10 minutos, e Válber aos 12 e 41 minutos da segunda etapa. No final, o Madura encerrou a sua participação no Estadual, na décima primeira posição.

OS PRÓXIMOS CANDIDATOS A 1.000 JOGOS SOMENTE DAQUI A DUAS DÉCADAS
O décimo primeiro clube, que pode chegar à milésima partida em campeonatos cariocas é: PORTUGUESA CARIOCA e AMERICANO DE CAMPOS. No entanto, essa marca vai demorar um pouco, já que o rubro-verde da Ilha, que atualmente disputa o Carioca da Série B, está com 724 jogos, restando 276 para chegar a 1.000.

Se a fórmula de disputa do Campeonato Carioca não mudar nos próximos 19 anos e a PORTUGUESA CARIOCA conseguir o acesso para a elite do Rio, esse ano, ela alcançará a marca de Mil partidas em 2029 (levando em consideração que ela não caia e não chegue às semifinais ou finais).

Já o AMERICANO DE CAMPOS, fechará o Carioca-2009, com 695 partidas (se o time chegar às semifinais e finais da Taça Guanabara e Taça Rio, esse número pode variar de 696 a 699 jogos). Sem contar com o rebaixamento, as fases semifinal e final, o Alvinegro Campista chegaria ao Milésimo jogo, no Campeonato Carioca de 2030.

CURIOSIDADE: MECÃO O ESTRAGA PRAZER

Nessa dezena de jogos, que marcaram a milésima partida em cariocas, um fato curioso. O AMÉRICA FC, além de ter vencido na sua partida de número 1.000, foi um estraga prazer, já que enfrentou quatro equipes nesta data história e não perdeu para ninguém. Foram duas vitórias (2 a 0 no Bonsucesso, 3 a 1 no Olaria) e dois empates (0 a 0 contra Bangu e Vasco). O Vasco da Gama encarou dois adversários e também saiu invicto: 3 a 3 contra o São Cristóvão e 5 a 1 no Madureira. O Botafogo fez apenas um jogo, mas não perdeu: 2 a 2 com o Fluminense.


* O autor da pesquisa, Sérgio Mello, é jornalista do Jornal dos Sports.
Página adicionada 19 de fevereiro de 2009.

 

 

Pesquisa personalizada

 

 

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo