Historia da Copa do Mundo de 1930

Grupos
O final da maior competição europeia de times está se aproximando. A final da Champions League (Liga dos Campeões) da Europa vai se realizar no estádio Wanda Metropolitano, em Madrid, a casa do Atlético. Seu grande rival, o Real Madrid, já foi eliminado e não terá esse prazer extra de vencer o mais importante troféu na casa do rival.

Juventus e Real Madrid de fora
As casas de apostas esportivas, como a Vulkanbet, estão fervendo com a antecipação crescente dos apostadores. Muitos duvidavam que o Real Madrid conseguisse renovar todo seu sucesso dos anos anteriores; mas muitos também acreditavam que a Juventus, sob a “liderança” de Cristiano Ronaldo, conseguiria finalmente o título que lhe vem escapando desde 1996, e depois da longa crise provocada pelo escândalo do Calciocaos. Isso não vai mais acontecer, depois de o Ajax de Amesterdã ter eliminado espetacularmente a Vecchia Signora nas quartas de final.

Champions League: o poder financeiro
Duas estatísticas mostram bem a importância do poder financeiro para conseguir o sucesso na Champions, tal como acontece no Brasil e por todo o mundo do futebol profissional.

A Espanha venceu as últimas cinco edições da competição: quatro pelo Real Madrid e uma pelo Barcelona. Independente da situação econômica do país, o fato é que “La Liga” é uma das duas maiores ligas europeias (junto com a inglesa) e o poderio econômico de Real Madrid e Barcelona é fortíssimo.

Mais do que isso: desde 2004 que não tem um time vencendo a Champions que não seja de uma das cinco ligas principais: Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha e França. Estamos incluindo a França principalmente pelo crescimento recente de sua liga e pelo investimento que o PSG recebeu, e porque o futuro campeonato da Superliga deverá incluir o PSG – mas o fato é que nenhum time francês vence a competição desde 1993 (Marselha). O último time a vencer a Champions vindo de fora destes “Cinco Grandes” foi o FC Porto, treinado à época por José Mourinho.

O Ajax e os outros três candidatos
As semifinais verão Barcelona e Liverpool se enfrentando em uma final antecipada, e Ajax e Tottenham correndo por fora na outra semifinal. Será que Lionel Messi vai fazer valer sua força, frente ao coletivo inglês? Ou será que o Ajax, depois de eliminar Real Madrid e Juventus, conseguirá a proeza de suceder ao FC Porto naquela estatística que falámos acima?

A verdade é que todos os torcedores estarão de olho no que poderá fazer o time holandês, que também está liderando seu campeonato nacional. No último jogo antes da primeira semifinal com o Tottenham, o time venceu o Vitesse Arnhem por 4-2, mostrando o dinamismo de seu ataque. No passado mês de dezembro, quando a fase inicial de grupos terminou, o reputado site Goal dava ao Ajax uma cotação de 100/1 para vencer a Champions. Dá para imaginar como estarão se sentindo aqueles que apostaram no time holandês nessa altura!

Vale lembrar que o Ajax já venceu o torneio por 4 vezes: as primeiras três entre 1970 e 1972, nos tempos gloriosos de Johan Cruyff e do “futebol total” de Rinus Michels; e a última em 1995.

 

Campeões de todos os esportes do mundo