O nome dado ao torneio como Laudo Natel foi em homenagem ao atual Governador do Estado de São Paulo à época, em posse desde 15 de março de 1971 à 15 de março de 1975. Havia sido escolhido pelo comando da ditadura militar, já havia sido governador nos anos de 1966 a 1967, quando assumiu o comando do Estado, quando da cassação de Adhemar de Barros, do qual era vice. Era dirigente e torcedor do São Paulo FC, e acompanhava os jogos do tricolor do banco de reservas no período em que foi Governador do Estado de São Paulo.

Só participavam clubes paulistas, e o torneio foi criado para suprir o vácuo deixado com a criação de Campeonatos Paulistas enxutos, onde os clubes do interior que ficavam fora da fase final, conseguiam enfrentar os grandes clubes.
Trofeu do Torneio Laudo Natel de 1973
Taça entregue ao Corinthians pela conquista de 1973.

Nas edições de 1972 e 1973 disputada em jogos eliminatórios. Na edição de 1975 foi disputada em quatro grupos, com o vencedor de cada grupo fazendo uma fase final por pontos corridos.

Maiores Goleadas
12/02/1972- Juventus 6 x 2 Portuguesa (Santos)
06/02/1972- XV de Piracicaba 0 x 4 São Bento
04/02/1973- Paulista 0 x 4 Palmeiras
13/02/1973- Palmeiras 4 x 0 Ponte Preta
29/01/1975- Marilia 1 x 4 Portuguesa de Desp.

SE Palmeiras (Palestra)
Palmeiras
(São Paulo)
01 Título
SC Corinthians Paulista
Corinthians
(São Paulo)
01 Título
Santos FC
Santos
(Santos)
01 Título
 Ano  Campeão  Vice
1975 Santos Palmeiras
1974 sem disputa --
1973 Corinthians Palmeiras
1972 Palmeiras Portuguesa De Desp.

Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fontes: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; Livro Qual o Time de Futebol Número 1, de Claudio Campacci - Editora Clube de Autores; e Federação Paulista de Futebol.
Página adicionada em 26/Março/2019.

 

Livros Digitais Campeões do Futebol