Federação Internacional de Futebol Associado   CRAQUES QUE BRILHARAM EM COPAS DO MUNDO



HISTÓRIA 1930-2018 CAMPEÕES ARTILHEIROS GOLEADAS RANKING CRAQUES DA COPA GRANDES TREINADORES ARQUIVO     + FUT-SELEÇÕES

       

PELÉ (nasceu em 23/10/1940)
- O melhor de todos. Com 12 gols, três títulos e atuações memoráveis em quatro Copas seguidas, Pelé alcançou um patamar inatingível para seus compatriotas como o melhor jogador da história do futebol mundial. O "reinado" do jogador de Três Corações começou em 1958, quando o garoto Édson Arantes do Nascimento tinha apenas 17 anos (foto: Pelé chora após a conquista da Copa do Mundo). Em sua carreira fez 1.284 gols em 1.376 partidas, média de 0,93 gols por jogo. Veja a Biografia

Just Fontaine JUST FONTAINE (18/08/1933)
- Fontaine nasceu em Marrocos e participou apenas de uma copa - a de 1958, na Suécia - defendendo as cores da França. É ainda o maior artilheiro em uma única edição do mundial. Fez 13 gols em apenas seis partidas disputadas. Era um exímio cabeceador e dono de um potente "arremate".

MARADONA (30/10/1960)
- Fez oito gols em vinte e uma partidas nos quatro mundiais que disputou. Considerado por muitos como o melhor jogador da história do futebol argentino, caiu em desgraça durante o mundial de 1994, quando foi pego no exame anti-dopping. Era dono de uma "esquerda" maravilhosa, proporcionou lances e jogadas incríveis na conquista da Copa do Mundo de 1986.

Stábile GUILLERMO STÁBILE (17/01/1906)
- Seus oito gols em quatro partidas- em sua única participação em copas - levaram a Argentina a final do primeiro mundial em 1930. Stábile foi o primeiro jogador a marcar 03 gols numa mesma partida de uma Copa do Mundo, na vitória da Argentina sobre o México (6 x 3).

GIUSEPPE MEAZZA (23/08/1910)
- Nasceu na cidade de Milão e jogou por Milan, Internazionale e Atalanta. Dá o seu nome ao estádio San Siro, de Milão. Foi bi-campeão Mundial em 1934 e 1938. Disputou 53 partidas internacionais e fez 33 gols - três deles em copas do mundo, nas nove partidas que disputou. Faleceu em 1979.

LEÔNIDAS DA SILVA (06/09/1913)
- O primeiro "craque" do futebol brasileiro, rápido, habilidoso e técnico. O mundial de 1938 o consagrou, depois de ter "passado" despercebido na Copa de 1934. Ganhou o apelido de "Diamante Negro". Lhe é atribuído a invenção da famosa bicicleta do futebol.
Obdulio Varela
OBDULIO VARELA (20/09/1917)
- "El Negro Jefe" era capitão da "celeste" (Uruguai) quando emudeceram os cerca de 200.000 pessoas que lotavam o Estádio do Maracanã, na vitória por 2 a 1 sobre a seleção brasileira. Jogou os mundiais de 1950 e 1954 e fez dois gols em sete partidas. Era um excelente meiocampista - atacava e defendia com maestria. Foto ao lado »»

LEV YASHIN (02/10/1929)
- A "Aranha Negra" é considerado o melhor goleiro de todos os tempos. Sua rapidez e reflexos o tornaram quase que imbatível em baixo das traves. Foi o maior artífice do triunfo soviético nos jogos Olimpicos de Melbourne em 1956. Disputou três Copas (1958-1962 e 1966) - fez treze partidas pela seleção da URSS e tomou 18 gols. Por seu clube, o Dinamo de Moscou, jogou em 22 temporadas. Veja a Biografia

EUSEBIO SILVA FERREIRA (25/01/1942)
- "A Pantera Negra" foi o melhor jogador da história do futebol português. Rápido, forte e de técnica que sobrava em campo, brilhou com luz própria no mundial de 1966, na Inglaterra, em sua única copa que disputou. Fez seis partidas e marcou nove gols, terminando a Copa como artilheiro. Eusébio, na verdade, nasceu em Maputo - Moçambique. Veja a Biografia

FRANTISEK PLANICKA (02/07/1904)
- O primeiro grande goleiro da história dos mundiais e o melhor do futebol da extinta Tchecoslováquia. Era firme, forte e contundente e jamais foi expulso em sua carreira (mais de mil partidas jogadas), tal feito lhe rendeu um reconhecimento da UNESCO. Em 1938 jogou com um braço quebrado contra o Brasil e tomou apenas um gol. Disputou os mundiais de 1934-1938, jogou seis partidas e sofreu apenas 07 gols.

JOHAN CRUYFF (25/04/1947)
- O maior craque da história do futebol da Holanda esteve presente apenas na Copa do Mundo de 1974. Em 1978, na Argentina, se recusou a ir por repudiar a ditadura existente naquele país. Nas sete partidas jogadas em 1974 fez três gols. Sua grande virtude era a inteligência, somadas a velocidade e rapidez.

Beckembauer FRANZ BECKENBAUER (11/09/1945)
- Dizem que foi o melhor zagueiro de todos os tempos. Disputou as copas de 1966, 1970 e 1974 como jogador - fez 05 gols em 18 partidas. O "Kaiser" (Imperador), foi campeão como jogador (1974) e como treinador de sua seleção nacional em 1990 (também foi vice-campeão em 1986). Começou sua carreira no meio de campo. Foto ao lado »»

MARIO ALBERTO KEMPES (15/07/1954)
- "El Matador" Kempes participou de três copas do mundo - 1974, 1978 (na Argentina) e 1982 - marcando um total de seis (06) gols em dezoito (18) partidas, todos eles feitos no mundial de 1978, que levou ao delírio uma nação que estava imerso da paranóia da recente ditadura, terminando como goleador máximo e campeão.

PAOLO ROSSI (23/09/1956)
- O "Carrasco" do futebol brasileiro. Disputou três copas - 1978, 1982 e 1986 - marcando 09 gols em 14 partidas. Em 1980 foi suspenso durante três anos por aceitar um suposto suborno na loteria italiana, mas a suspensão foi diminuida e acabou voltando na Copa de 1982, na Espanha, marcando seis gols nas três últimas partidas. Em uma delas, mandou pra casa a excelente e favorita seleção brasileira de Telê Santana, Zico, Socrates e cia.

Roger MillaROGER MILLER "MILLA" (20/05/1952)
- Seus 04 gols no mundial da Itália, em 1990, (dois contra a Romenia e outros dois contra a Colombia) levaram a seleção camaronesa às quartas-de-final. Habilidoso, astuto e técnicamente muito bom, Roger Milla, fez um total de 05 gols em 10 partidas, nos três mundiais que disputou - 1982, 1990 e 1994, sendo que, neste último fez um gol aos 42 anos de idade.


ZINEDINE ZIDANE (22/06/1972)
- Zidane, disputou a Copa do Mundo de 1998, em seu país, sendo o grande responsável e herói no jogo final em que marcou dois gols de cabeça frente o grande favorito Brasil. Participou de cinco das sete partidas da França na conquista de 1998.

MANOEL DOS SANTOS - "GARRINCHA" (28/10/1933)
- Um dos grandes gênios imortais da história do futebol. Era habilidoso, suas jogadas pareciam até circenses. Pela direita, muitos dos seus marcadores sofreram e eram até motivo de risadas em qualquer lugar do planeta. Seus dribles na ponta direita estão em todas as antologias do século XX.

FERENC PUSKAS (02/04/1927)
- Nasceu em Budapest na Hungria, porém jogou a Copa de 1954 pela Hungria e a de 1962 pela Espanha. Baixinho, com uns quilos a mais, chutava com a esquerda como um canhão em guerra. Fez 83 gols em 84 partidas internacionais que jogou em sua carreira. Em copas do mundo jamais marcou gol. Veja a Biografia

"ROMARIO" DE SOUZA FARIA (29/01/1966)
- Romário foi o grande responsável pela vitória do Brasil na Copa dos Estados Unidos em 1994. Com seu oportunismo, sua rapidez e finalizações, levou a limitada seleção de Carlos Alberto Parreira, ao quarto titulo mundial. Veja a Biografia

GERHARD MULLER (03/11/1945)
- "Gerd Muller" é o segundo maior artilheiro de todas as copas - 14 gols, em 1970 e 1974, nas 12 partidas em que participou. Duas vezes ganhador do prêmio Chuteira de Ouro da UEFA (1970 - 38 gols e 1972 - 40 gols) pelo Bayern de Munique, tem pela seleção números que vislumbram - 68 gols em 62 partidas.

RONALDO "FENÔMENO" (22/09/1976)
Foi o maior artilheiro de todas as edições da Copa do Mundo 1930-2010 com 15 gols até ser batido por Miroslav Klose em 2014. Participou em quatro edições, pela primeira vez em 1994 (não jogou), 1998 (onde sofreu uma convulsao antes da final), 2002 e 2006. Veja a Biografia.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva.
Fonte: CD Almanaque Todas as Copas, Edição 1 (2006), Editora www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 09/Maio/2014 - atualizada em 29 de junho de 2016.

 

Livros Digitais Campeões do Futebol