Ao longo de suas 45 edições, a Copa América teve apenas dois troféus. O mais antigo, chamado Copa América, foi feito entre 1916 e 1917 em Buenos Aires pela joalheria e relojoaria Casa Escasany, sob encomenda do Ministério das Relações Exteriores da Argentina para ser doado à Conmebol.

A Copa América é feita de prata e tem posse transitória. Ou seja, não existe condição para que fique em definitivo com uma seleção campeã. Sua base de madeira com as placas dos países campeões foi adicionada em 1979, na edição vencida pelo Paraguai.

O segundo troféu foi produzido especificamente para a Copa América Centenário, em 2016. Projetada pela Epico Studios, a taça foi fabricada pela inglesa Thomas Lyte em metal, com acabamento interno de prata e banhado a ouro em sua parte externa. A posse definitiva ficou com o campeão Chile. Confira a história dos troféus.

O "TRADICIONAL" TROFÉU COPA AMÉRICA
O troféu não esteve em jogo no primeiro torneio, o de 1916, mas para 1917, que foi realizado no Uruguai, a recém criada Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) resolveu encomendar o prêmio à principal joalheria de Buenos Aires: a Casa Escasany.

Criada em 1892 por uma família tradicional da Argentina, os Escasany, a joalheria ficava no prédio que hoje leva o seu nome, na parte central da cidade, a conhecida “Calle” Florida. Em 1916 fabricava as principais joias da América do Sul e fez o troféu que foi entregue aos uruguaios, novamente campeões do sul-americano de seleções, em torneio desta vez realizado em Montevidéu.

A primeira peça tinha a base de madeira, e até hoje ela pode ser apreciada para quem visita o museu que existe no estádio Centenário de Montevidéu. O troféu atual, que já foi restaurado algumas vezes, tem plaquinhas com todos os campeões.

Em 1978, os Escasany decidiram fechar a joalheria, alegando prejuízo. O prédio, porém, continuou sendo chamado de Casa Escasany, mas hoje abriga diversas lojas, de diferentes produtos à venda. Somente um dos irmãos, Miguel, manteve uma joalheria, que leva seu nome. Nela, porém, não há sinal da taça.

Troféu da Copa America



TROFÉU DA COPA AMÉRICA CENTENÁRIO 2016
Para celebrar este extraordinário evento de futebol, a CONCACAF e a CONMEBOL encomendaram um troféu especial e incomparável. Projetado por Epico Studios nos Estados Unidos, ficou a cargo da Thomas Lyte a fabricação do Troféu Copa América Cetenário. Orgulhosamente trabalhado nas oficinas de Londres, este troféu mostra como a Thomas Lyte é o mestre do seu ofício.

Os vencedores do torneio Copa América Centenário ergueram um novo troféu, em comemoração ao centésimo ano do icônico torneio de 2016. A partir de 3 de junho, o torneio foi disputado em dez cidades dos Estados Unidos, com a final disputada. no dia 26 de junho no MetLife Stadium, em Nova Jersey. A vitória coube aos chilenos que venceram os argentinos nas penalidades após empate por zero gol no tempo regulamentar.

O troféu é o primeiro deste tipo em 100 anos e, como resultado, foi jogado apenas uma vez.
Processo de fabricação do Troféu Copa America Centenario
A inauguração do novo troféu foi realizada na sede da Federação Colombiana de Futebol, durante um evento comemorativo na quinta-feira 28 de abril de 2016, onde o presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez Wilson-Smith apresentou o troféu aos convidados.

O projeto inicial levou 89 dias para ser concluído, seguido por mais 98 dias de trabalho artesanal para produzir o troféu finalizado. Feito de uma base de metal, é terminado com um acabamento interno de prata esterlina e o exterior é banhado em ouro de 24k. Com 61 centímetros de altura, o troféu pesa cerca de 7,1 quilos e é construído usando técnicas e técnicas tradicionais de ourives, como fiação, perseguição e forjamento.

O Chile conquistou este troféu de maneira definitiva e poderá guardá-lo em suas vitrines permanentemente, dada a condição de torneio extraordinário que teve a Copa América Centenário Estados Unidos 2016.

O campeão do torneio também ficou com a Taça América histórica e viu o seu nome ser gravado neste prestigioso troféu.
Troféu Copa America Centenario

Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; www.thomaslyte.com/makers-of-the-copa-america; esporte.ig.com.br/futebol/taca-da-copa; e www.conmebol.com/pt-br/noite-magica.
Página adicionada em 02/Junho/2019.

Campeões de todos os esportes do mundo